Empresa admite queda de energia no CT do Fla durante semana

Compartilhe esta notícia

Picos de energia provocados pelas chuvas que atingiram o Rio de Janeiro provocaram o incêndio no CT do Ninho do Urubu que matou dez jovens das categorias de base do Flamengo, segundo a versão do CEO do clube, Reinaldo Belotti. A Light, responsável pelo fornecimento de energia, porém, nega.

Em contato com o ESPN.com.br já na sexta-feira, dia do incêndio, a empresa garantiu que não foi registrada qualquer alteração de energia. Segundo a Light, tudo foi normalizado na quinta no Ninho.

“A Light registrou, às 20h20 do dia 06 de fevereiro (quarta-feira), interrupção no fornecimento de energia para o Ninho do Urubu, em Vargem Grande, devido à queda de árvore de grande porte sobre a rede elétrica na Estrada dos Bandeirantes”, iniciou a nota envidada à reportagem.

Ninho do Urubu, CT do Flamengo, após incêndio – Foto: Divulgação

Às 08h20 do dia 07 (quinta-feira) foi registrada a última reclamação de falta de energia para o Centro de Treinamento. Uma hora e 35 minutos depois desta reclamação, ou seja, às 09h35 do mesmo dia, o fornecimento de energia para o Ninho do Urubu estava totalmente normalizado.”

“Após este horário, a Light não registrou qualquer oscilação de energia no trecho que supre o Centro de Treinamento”, encerrou a empresa.

Segundo o presidente-executivo do Flamengo, os ventos entre 110 e 120 quilômetros por hora que atingiram o Rio na noite de quarta não afetaram as instalações do Ninho, mas ressaltou que a região foi muito atingida, provocando picos de energia na área que podem ter se refletido nos aparelhos de ar-condicionado do alojamento que abrigava os jovens e ocasionado o fogo.

“Nós tivemos queda de postes, que atingiram a alimentação e a energia elétrica do CT. As condições do tempo e os picos de energia talvez tenham influenciado no funcionamento regular do ar-condicionado”, declarou Belotti.

Em seu pronunciamento, o dirigente do Flamengo saiu sem falar com a imprensa. Ele não respondeu por que o espaço era usado como dormitório sem autorização, nem por que deixou de informar aos órgãos responsáveis a mudança de destinação da área de estacionamento.

Por: ESPN

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here