Eduardo Bandeira é indiciado por homicídio doloso em incêndio no Ninho do Urubu

Compartilhe esta notícia

O ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio doloso pela morte de dez jogadores das categorias de base do clube, que faleceram por conta do incêndio no CT Ninho do Urubu. A tragédia aconteceu no dia 8 de fevereiro deste ano. Além de Bandeira, outras sete pessoas também foram acusadas.

O clube, até então, não se pronunciou sobre o indiciamento do ex-presidente. Em contato com a reportagem, a assessoria deixou claro que o Flamengo só vai se posicionar quando for notificado oficialmente sobre o caso, o que não aconteceu até então.

CONFIRA A LISTA DE PESSOAS INDICIADAS:

Eduardo Bandeira, ex-presidente;
Danilo da Silva Duarte, NHJ;
Edson Colman, técnico em refrigeração;
Fábio Hilário da Silva, NHJ; Luis Felipe Pondé, engenheiro do Flamengo;
Marcelo Sá, engenheiro do Flamengo;
Weslley Gimenes, NHJ;
Marcos Vinicius Medeiros, monitor do Flamengo.

Por: Coluna do Fla

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here