Jorge Jesus compara nível de exigência no Flamengo ao das equipes europeias

Compartilhe esta notícia

Desde que aceitou o convite para treinar o Flamengo, Jorge Jesus vem sendo constantemente perguntado sobre os mais diversos temas que envolvem futebol. A vontade de abraçar novos desafios, bem como trabalhar em outro país, além da recusa em assumir times de ponta no cenário mundial, como o Chelsea, da Inglaterra, em prol do Rubro-Negro, são algumas das questões que o treinador vem respondendo nos últimos dias.

Já no Brasil para acompanhar os jogos contra Fluminense e CSA, válidos pelo Brasileirão antes da parada para a Copa América, o técnico português teve um rápido contato com a imprensa e fez uma breve comparação entre o futebol brasileiro e europeu, mais precisamente em relação aos clubes portugueses que treinou, Sporting e Benfica.

FOTO: MARCELO CORTES / FLAMENGO

– São 200 milhões de habitantes, Portugal só tem 10 milhões, mas eu quando treinei o Benfica e o Sporting, havia sempre 60, 70 mil no estádio, nessa comparação é igual. As exigências também são iguais, é ganhar, ganhar e ganhar -, afirmou ainda no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.

O treinador permanece no Brasil até quinta-feira (13), quando retorna ao seu país natal para tratar de assuntos particulares e preparar a mudança para o Brasil. As duas partidas pela oitava e nona rodadas, servirão para que Jorge Jesus obtenha  as primeiras impressões do time, antes de iniciar seu trabalho ao lado de toda comissão técnica a partir do dia 20 de junho, no Ninho do Urubu.

Por: Coluna do Fla

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here