Em 2015, Leila ameaçou deixar Palmeiras e patrocinar o Flamengo: “Dá muito mais visibilidade”

Compartilhe esta notícia

A empresa, que já repassa milhões ao Palmeiras entre patrocínio de camisa, reforma do CT, contratações e pagamento de salários a jogadores, em novembro de 2015, detonou o até então presidente Paulo Nobre em entrevista ao jornal Lance!.

O estopim para a discussão se deu por conta de uma ideia do Palmeiras e da Adidas, fornecedora de material esportivo do clube, de lançar uma edição limitada de uma camisa de 1992, com a marca Parmalat estampada. Leila Pereira, presidente da Crefisa, interpretou a pretensão como “falta de lealdade” e, em meio a outros problemas, comentou que preferiria mudar para o Flamengo caso as coisas sigam desta maneira.

Foto: Divulgação

“Não vamos aceitar. Se a Adidas lançar qualquer camisa que não seja com o atual patrocinador, o contrato da Crefisa e FAM com o Palmeiras estará rompido. Onde ele (Nobre) vai achar um patrocinador para fazer as contratações de quinta categoria que ele fez? Para continuar assim, eu largo o Palmeiras e vou para o Flamengo, que dá muito mais visibilidade”, disse Leila Pereira, presidente da Crefisa.

Por: Torcedores

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here