Flamengo tem R$ 22 milhões previstos para encargos de tragédia do Ninho

Compartilhe esta notícia

Se passaram seis meses do dia mais triste da história do Flamengo. O clube ainda trabalha para encerrar este capítulo e negocia com as famílias dos envolvidos para o pagamento de indenizações, mas esbarra em impasses jurídicos. De acordo com o jornalista Rodrigo Mattos, o Rubro-Negro tem, em seu orçamento, R$ 22 milhões previstos para despesas do caso.

O dinheiro é destinado a indenizações, pagamentos com advogados e hospedagem das famílias e auxílios em geral. Destes R$ 22 milhões, o clube já gastou R$ 7,5 milhões. O Flamengo já acertou indenizações com famílias de três atletas. Sete ainda não aceitaram acordo. O caso dos familiares de Rykelmo é diferente: o pai aceitou o que o clube propôs, enquanto a mãe resolveu entrar na justiça.

O Ministério Público do Trabalho chegou a pedir o congelamento de R$ 100 milhões do clube para este tipo de pagamento. O valor previsto pelo clube é menor, mas, segundo o entendimento do departamento jurídico rubro-negro, supera em mais do que o dobro a jurisprudência de casos semelhantes.

Por: Coluna do Fla

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here