Flamengo abre 2×0 mas cede empate para Goiás

Compartilhe esta notícia

O Flamengo ficou no empate no Campeonato Brasileiro, na noite desta quarta-feira (31), no estádio Serra Dourada. Enfrentando o Goiás, a equipe comandada por Jorge Jesus chegou a abrir 2 a 0 no segundo tempo, mas levou o empate já nos acréscimos. O próximo compromisso do Rubro-Negro acontece diante do Corinthians, neste domingo (03).

O JOGO

O Flamengo iniciou a partida amassando o Goiás, tentando procurar os espaços para abrir o placar fora de casa, mas não conseguia definir as jogadas. Tampouco acertava os passes no meio de campo. A grande chance da equipe nos minutos iniciais surgiu logo aos 04, em escanteio cobrado por Everton Ribeiro. Pablo Marí conseguiu o desvio, cabeceando na trave esquerda do goleiro Tadeu.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Goiás respondeu aos 30 minutos, também em desvio de cabeça após escanteio. Fábio Sanches foi o responsável pelo cabeceio, que passou rente à trave de César. O goleiro substituía o titular Diego Alves.

O Rubro-Negro claramente sentia a falta de Gerson, poupado na partida por Jorge Jesus, além de errar muitos passes no meio de campo. Everton Ribeiro e Arrascaeta foram outros que pouco conseguiram criar para a equipe no primeiro tempo.

O Flamengo voltou de maneira completamente diferente para a etapa complementar. Agredia mais o Goiás, sobretudo por conta da melhora de Everton Ribeiro, que no primeiro tempo não havia tido bom desempenho. Depois de boa troca de passes no meio de campo, aos 08 minutos, Gabigol recebeu cara a cara, mas o goleiro do Goiás se agigantou na frente do atacante e conseguiu o desvio.

Gabriel teve nova chance em seguida e não desperdiçou. Em escanteio, Rodrigo Caio conseguiu desvio de cabeça,  e a bola sobrou para o camisa 9, que apenas teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede e abrir o placar do Serra Dourada.

O Fla permaneceu pressionando e chegou aos 2 a 0 aos 17 minutos. Em novo escanteio, Bruno Henrique fez o desvio, e Rodrigo Caio apareceu na pequena área para dar um toque e ampliar a vantagem rubra-negra em Goiânia.

O Goiás ainda conseguiu descontar com Rafael Moura, aos 31, depois de bobeada geral da defesa do clube da Gávea, que também teve César expulso.

Em nova “pane” da defesa rubro-negra, Michael recebeu sozinho, já aos 49, e não desperdiçou, deixando tudo igual no Serra Dourada e dando números finais ao jogo.

Por: Coluna do Fla

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here