Flamengo terá que pagar quase R$ 150 mil por ação envolvendo a Ilha do Urubu

Compartilhe esta notícia

O Flamengo está vivendo um ótimo momento dentro e fora das quatro linhas. Recentemente, o clube assinou o novo termo de permissão para a gestão do Maracanã, que terá duração até abril de 2020. Porém, o clube recebeu uma péssima notícia.

O juiz Françoise Picot, da 3ª Vara Cível do Rio, ordenou que o Flamengo pague integralmente R$ 148,5 mil, à Portuguesa-RJ. A informação foi divulgada inicialmente pelo Blog do jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

A Portuguesa alega que o Flamengo não cumpriu o acordo da retirada de duas torres de iluminação danificadas da então Ilha do Urubu (Estádio Luso Brasileiro), usada pelo Flamengo em 2017. A decisão, no entanto, ainda cabe recurso.

FOTO: CLAYTON CONSERVANI

De acordo com a ação, os clubes realizaram um aditivo no contrato de locação do estádio pelo Flamengo, quando o Rubro-Negro se comprometeu a retirar duas torres de iluminação que se encontravam caídas no gramado, no prazo máximo de 30 dias.

Ainda segundo a informação divulgada pelo portal, a pena da não retirada das torres seria de multa diária no valor de R$ 500,00 (quinhentos) reais, até que fossem cumpridas todas as obrigações.

Por: Coluna do Fla

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here