Comentarista diz que Rodinei foi o “mapa da mina” para reação do Goiás: “Estratégia óbvia e eficiente”

Compartilhe esta notícia

Os 2 a 0 construídos contra o Goiás no segundo tempo indicavam mais uma vitória tranquila do Flamengo no Brasileirão. Entretanto, a equipe se desconcentrou nos minutos finais e saiu do Serra Dourada com um amargo empate. Em seu Blog, no UOL, o jornalista Mauro Cezar Pereira afirmou que Rodinei foi o “mapa da mina” para reação da equipe da casa.

Os espaços deixados pelo lateral direito e a diferença técnica entre equipe titular e reserva foram destacados por Mauro Cezar para explicar o empate do Goiás nos últimos minutos de jogo: “Mapa da mina para a reação do Goiás explica porque Jesus poupa pouco no Fla“, dizia o título da coluna publicada pelo comentarista.

FOTO: REPRODUÇÃO

Em cima dele (Rodinei), o esperto camisa 11 esmeraldino fez a jogada do primeiro gol, cruzando para Rafael “He-Man” Moura se antecipar a Pablo Marí e marcar mais um gol sobre os rubro-negros, rotina em sua carreira. Também por ali o próprio Michael mandou às redes, já nos acréscimos, para empatar em 2 a 2“, analisou Mauro, prosseguindo:

Foram inúmeras jogadas forçadas em cima do lateral substituto de Rafinha na segunda metade da etapa final. E por ali tudo deu certo para o Goiás. Estratégia óbvia e eficiente ante a vulnerabilidade no setor do camisa 2 rubro-negro“, destacou.

Com o empate fora de casa, a equipe comandada por Jorge Jesus permanece com vantagem sobre o Palmeiras na liderança do Brasileirão, mas a distância agora é de oito pontos. O Flamengo volta a campo pela competição nacional neste domingo (03), data em que enfrenta o Corinthians, no Maracanã. O embate acontece às 16h (horário de Brasília).

Por: Coluna do Fla

COMENTÁRIOS:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here