Miami ou Assunção podem ser escolhidas como a nova sede da final da Libertadores

Compartilhe esta notícia

Nesta segunda-feira (4), a Conmebol anunciou que fará uma reunião com os presidentes de Flamengo e River Plate, convocando as federações do Brasil, Chile e Argentina na terça-feira (5). O foco é resolver detalhes sobre a final da Libertadores, que até então, ocorrerá no em Santiago, no Chile. Segundo o jornal Olé, da Argentina, a Conmebol estuda a possibilidade de enviar a final para Assunção (Paraguai) ou Miami (Estados Unidos).

Assunção tornou-se favorito por já ser o palco da final da Sul-Americana, sendo assim, teria tudo preparado para receber um evento de grande porte. A segunda opção da Confederação será Miami, nos Estados Unidos. De acordo com o jornal argentino, Miami surge como opção, pois a cidade é sede das empresas que trabalham com desenvolvimento estratégico, comercial e de marketing da Conmebol.

FOTO: CONMEBOL

Por conta das manifestações contra o aumento das tarifas, a final no estádio Nacional de Santiago pode ser considerada arriscada. O Chile está sob estado de emergência ordenado pelo presidente Sebastian Piñera. Na última semana, ônibus, trens, metrôs e até prédios incendiados por manifestantes locais.

Nesta segunda-feira, manifestantes começaram a projetar como serão os protestos ao redor do estádio, com isso, aumentando o risco para o público. Caso a final seja mantida no Chile, o confronto entre Flamengo x River Plate ocorrerá dia 23 de novembro, às 17h30 (horário de Brasília).

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here