Vídeo: Gabigol foi expulso por provocar a torcida do River Plate

Compartilhe esta notícia

Muita gente não entendeu por que Gabigol foi expulso na final da Copa Libertadores, depois de marcar os dois gols da vitória do Flamengo sobre o River Plate, por 2 a 1. As imagens da transmissão não flagraram, mas o atacante fez gestos obscenos para o banco e torcida dos argentinos.

A informação é de Pedro Ivo Almeida, comentarista dos canais ESPN, no portal “UOL”.

Foi já aos 50 minutos do segundo tempo quando o árbitro chileno Roberto Tobar mostrou o cartão vermelho para o atacante, pouco antes de um amarelo por ele ter tirado a camisa para comemorar o segundo gol. Do outro lado do campo, Ezequiel Palacios, do River, havia sido expulso.

No campo de defesa do Flamengo, enquanto bebia água, Gabigol sacudiu os órgãos genitais em direção a torcedores do River na arquibancada e, depois, repetiu o gesto para rivais do banco de reservas. Tobar foi avisado por seus auxiliares do que ocorreu e não teve dúvidas.

Apesar da expulsão na final da Libertadores, Gabigol não carregará a suspensão para o Mundial de Clubes. O regulamento da competição da Fifa é claro: “Cartões amarelos e suspensões pendentes que não puderam ser servidas na competição da confederação, não são levadas para o Mundial 2019”.

Assim, Gabigol terá que cumprir essa suspensão na próxima competição da Conmebol, em 2020.

O Mundial de Clubes começa no dia 11 de dezembro, com o Flamengo fazendo sua estreia na semifinal no dia 17 contra o vencedor de Esperance-TUN e o Al Hilal-SAU, campeão da Champions Asiática neste domingo.

Por: ESPN

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here