Flamengo busca empréstimo de Paquetá e Milan recusa

Joia da base rubro-negra, Lucas Paquetá dominou o futebol brasileiro antes de trocar o Rio de Janeiro por Milão. Em 2018, por exemplo, foi artilheiro do Rubro-Negro no Brasileirão, recebeu o Troféu Bola de Prata como melhor meia do campeonato e se tornou o atleta mais novo entre os 35 convocados pelo técnico Tite para a Copa do Mundo. Na Itália, no entanto, ainda não convenceu. Mapeando o mercado e ciente da situação do atleta com o Milan, a equipe carioca, de acordo com a ‘Rádio Rossonera’, teria tentado o empréstimo de sua revelação para a temporada 2020. A diretoria rossonera, no entanto, não aceitou.

Segundo informações, se a vontade de Paquetá fosse retornar ao Brasil, o Milan exigiria o pagamento pelo mesmo valor investido (cerca de 35M euros).

FOTO: AFP/MARCO BERTORELLO

Recentemente, o jornal italiano “La Gazzetta dello Sport” publicou informações sobre o interesse do Milan em vendê-lo. Inclusive, o meia está na mira do Paris Saint-Germain e pode ser negociado. É possível perceber, pelo tom duro utilizado na publicação, que não há muito espaço para Paquetá seguir na Itália.

– Doze meses de aclimatação são mais que suficientes. A paciência acabou. O resultado? Ele também pode partir por 35 milhões de euros. O Milan está esperando a oferta, mas o PSG está à espreita -, postou o jornal italiano.

Pelo Flamengo, no entanto, o cenário foi outro e o meia deixa saudades. Sua estreia entre os profissionais ocorreu em março de 2016, na vitória por 3 a 1 contra o Bagu, pelo Campeonato Carioca. De lá até dezembro de 2018, quando se despediu, Paquetá fez 96 jogos, marcou 18 gols e participou de 46 vitórias – além de 17 derrotas e 33 empates.

Por: Coluna do Fla

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here