Pedro e Gabigol podem jogar juntos? Veja!

Muito tem se discutido se Pedro e Gabigol podem jogar juntos. O camisa 9 até brincou com isso e fez uma postagem chamando o novo companheiro de sua “sombra”. Mas os números e o estilo de ambos os jogadores mostram que, sim, eles podem jogar juntos e formar uma bela dupla no ataque do Mengão.

Gabigol prefere se movimentar entre os zagueiros para receber um bom passe ou vir buscar o jogo fora da área e, apesar de um grande finalizador, não costuma vencer as bolas pelo alto e não gosta de jogar de costas para o zagueiro. Já Pedro é um jogador mais de área, com forte jogo aéreo e com mais potencial para travar disputas físicas com os zagueiros. O que não significa que também não se movimente bem e seja capaz de criar jogadas para os companheiros.

A prova disso é que, jogando pelo Fluminense, o atacante deu 9 assistências em apenas 58 jogos. E, na sua estreia pelo Fla, contra o Resende, o atacante fez ótima jogada deixando Bruno Henrique na boa para fazer seu gol no jogo. Veja abaixo:

Aliás, nesse jogo o time só conseguiu fazer seus gols depois que ele entrou em campo e formou dupla com Gabigol. E foram 3 gols em menos de 30 minutos, com participação direta (gol ou assistência) de, pelo menos, um deles.

O que o mister pensa sobre o assunto?

Há jogos que pode acontecer (Pedro e Gabriel juntos). Cada jogo tem a sua história. As estratégias para cada jogo são diferenciadas. Hoje era preciso ter mais jogadores na área. Acreditávamos que o Pedro ia ter mais poder na área“.

Assim como hoje se questiona Pedro e Gabigol, muito se discutiu sobre Diego e Éverton Ribeiro jogando juntos, em 2018, e, no ano seguinte, o mister chegou a escalar Diego, Éverton Ribeiro e Arrascaeta, provando que – quando o técnico é bom – grandes jogadores só somam e se ajudam, nunca atrapalham.