Covid-19 atrasa acordo do Fla com a Amazon, mas negociações continuarão

O mundo está completamente parado para tentar eviar um crescimento ainda maior do Covid-19. O vírus que surgiu na China já tem mais de 2 mil casos no Brasil, situação que fez com que o futebol no país fosse completamente paralizado para evitar o aumento do número de infectados.

No mês passado, o futebol brasileiro viu que o Flamengo poderia chegar a um acordo com a Amazon pelo patrocínio do Rubro-negro. A empresa mais valiosa do mundo chegaria no Flamengo para estampar a sua marca no espaço principal do uniforme do Fla, tirando o Banco BS2.

Como mostrou a Redação Rubro-negra, devido a paralização do futebol por conta do Coronavírus, a maior chance é que as partes só voltem a conversar após o fim das turbulências do Coronavírus.

O Flamengo vive um ótimo momento financeiro, porém, até o Fla já está preocupado com o tempo que pode ficar sem futebol. O clube tem um dos elencos mais caros fora da Europa e, por conta disso, necessita de grandes receitas para manter tudo em dia. O clube tem a intenção de fechar um acordo com os atletas e diminuir 25% dos salários dos atletas, algo que daria um grande alívio aos cofres do clube.