Poderio financeiro do Flamengo fez dirigente do São Paulo se preocupar em perder reforço para o Rubro-negro

A contratação de Daniel Alves no segundo semestre da última temporada foi uma das mais comentadas no futebol brasileiro. Porém, em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN, o gerente executivo do Tricolor paulista, Alexandre Pássaro, revelou que o jogador foi sondado pelo Flamengo.

O dirigente, inclusive, contou que ao saber do interesse do Rubro-negro, ficou com as expectativas baixas de contratar Daniel Alves, principalmente pelo poderio financeiro e pelo projeto oferecido do Mais Querido ao jogador de Seleção Brasileira.

“Nós jogamos no Rio de Janeiro no sábado à noite. Eu e Raí pegamos o primeiro voo no domingo de manhã. Chegamos em Congonhas, fomos direto para Alphaville, onde era a casa de Daniel, e lá tivemos o primeiro contato”, contou Pássaro relembrar como foi a negociação para contratar o jogador.

“Tomamos um café com o Daniel e muitas outras pessoas. Não foi um café da manhã ou conversa para fazer uma proposta. Foi para olhar nos olhos, ver se tínhamos as mesmas expectativas, para que ele conhecesse melhor a gente… Ficamos até 15h. Naquela semana, ele acabou sendo contratado, na quinta-feira. Embora, na quarta, à noite, a gente achou que tudo estivesse perdido”, recordou o dirigente Tricolor, citando o interesse do Flamengo.

“Por interesse de outros clubes, principalmente o Flamengo. Na quarta, o Flamengo jogou com o Emelec, classificou nos pênaltis na Libertadores. Tiveram ligações para empresário, etc e tal. Estávamos com a expectativa baixa… Mas a noite se confirmou e conseguimos essa grande contratação para o São Paulo e o futebol brasileiro”, completou.