Flamengo é campeão Sul-Americano Sub-15 em Curitiba.

Foto: Divulgação

GARRAFÃO RUBRO-NEGRO: por Rafael Rezende

Com
muita dedicação, entrega e garra, o Flamengo confirmou a nítida evolução e se
sagrou campeão do 11º Sul-Americano Sub-15 de forma incontestável. O título
veio após a vitória sobre o Minas, por 43×26. Os garotos fizeram por merecer,
jogaram bem a competição inteira e não deram chances ao adversário na grande
final.
Um dos
responsáveis pelo sucesso, o treinador Fernando Pereira abordou a importância
do campeonato como um todo e valorizou a oportunidade.
– Foi
uma conquista maravilhosa e difícil. Pois, primeiro, tínhamos estipulado metas
e antes de um possível título, a gente queria ganhar entrosamento e
conhecimento maior do grupo. Outro objetivo traçado era a nossa melhora,
buscarmos ser efetivos o tempo inteiro, tanto dentro, como fora, sendo responsáveis
e cumprindo compromissos. Foi uma experiência grande para a equipe e era uma
competição que eu queria muito jogar. Já conhecia a organização e a qualidade
dos times, dos jogos, e de tudo. Foi legal não só pelo êxito, mas pela semana
intensa que vivemos fazendo aquilo que amamos – ressaltou.
Fernando
avaliou o desempenho, citou os pontos positivos e mirou o futuro.
– A
campanha da nossa equipe foi muito boa. Na fase de classificação, nós jogamos
nove jogos e vencemos oito. Graças a dedicação dos meninos, que estavam super
concentrados, unidos, e buscando fazer o melhor o tempo inteiro. Nos momentos
difíceis, nunca apontaram o dedo um para o outro e sempre buscaram motivar.
Eles assimiliaram o que cada um deveria fazer e isso refletiu. Só descobrimos
que jogaríamos a decisão na penúltima rodada. Na partida final, fomos
disciplinados taticamente e tivemos garra, união, e uma intensidade absurda.
Mostramos poder de superação, controle emocional, e merecemos. O saldo da
conquista é altamente positivo. O grupo acreditou no trabalho da comissão
técnica, do Domingos e do Rafael Bernardelli. Evoluímos bastante. Atuamos pouco
no Estadual e, agora, vamos trazer a evolução do Sul-Americano para cá. Nossa
meta é maior é ser campeão carioca, e iremos nos preparar para isso – explicou
e, depois, projetou.
Fundamental
nos arremessos de três pontos, sendo cestinha geral nesta estatística, o
ala-armador Marcelo dividiu os méritos e mostrou postura vencedora.
– É a
recompensa de um trabalho feito pelo nosso técnico conosco, um presente para
ele. E é sempre bom jogar um Sul-Americano. São outras equipes, com estilo de
jogo diferentes, e isso nos dá suporte para conquistar o Estadual. Ser um dos
destaques é gratificante. Treinei muito e, pela confiança que o Fernando me
passa, consegui fazer o que eu gosto. Ganhar títulos é sensacional. Esse foi
meu quinto com a camisa do Flamengo e quero vencer ainda mais – determinou.
Recuperado
de uma lesão, Luiz Henrique se superou e enalteceu o elenco.
– Uma
conquista é sempre prazerosa, e eu fiquei contente. Deus me guiou, pois estava
com a autoestima baixa e com medo de voltar a sentir dor no local onde tinha me
lesionado. Não consegui ir bem nos treinos e até desanimei, mas meus colegas me
incentivaram na concentração e toda comissão técnica deu muito apoio. Então,
reverti esse problema e fui crescendo ao longo da comptição. Fiz bons jogos,
sendo um deles, a final. Ajudei o time a vencer. Penso que todo contato com a
modalidade é válido para o crescimento, e esse Sul-Americano não foi diferente.
Conseguimos nosso maior objetivo – agradeceu e afirmou.
Eleito
MVP, melhor defensor e armador da Seleção do torneio, Joãozinho se emocionou e
concluiu sorridente.
– Foi
mais um título incrível com meu time, nós batalhamos muito. Posso dizer que,
com essa conquista, nossa experiência fora de casa aumenta a união e a
confiança consideravelmente. O campeonato foi difícil, mas fizemos o nosso
melhor. Não abaixamos a cabeça na única derrota que tivemos e soubemos reagir.
Com outra meta concluída, tenho que agradecer. Na hora da premiação, meu
coração bateu forte… Eu nunca havia conquistado tantos prêmios individuais.
Quando escutei que era o MVP, explodi de alegria e fiquei surpreso. Novamente,
preciso exaltar os meus amigos. Sem eles, nada disso seria possível – encerrou
com maestria.

Por: FlaHoje

MAIS LIDOS

Emocionante: Fla faz linda homenagem a cozinheira; Assista

Uma funcionária do Flamengo está se despedindo do clube após 32 anos no Rubro-negro. Conhecida como Tia Zezé, a cozinheira se despediu do Fla...

Thiago Maia dá aval para Flamengo fazer sua cirurgia

Márcio Tannure deu entrevista na tarde desta sexta-feira no Ninho do Urubu. Diante de muitas lesões recentes, várias delas inclusive consideradas de grau elevado...

Visando Libertadores, Rodrigo Caio e Pedro treinam forte; Veja

O Flamengo não joga neste final de semana pelo Campeonato Brasileiro. Os comandados de Rogério Ceni ganharam bons dias para treinar, aprimorar parte física...

Jorge Jesus pode indicar a contratação de zagueiro do Flamengo

O Flamengo possui um dos grandes elencos do futebol sul-americano. Porém, hoje em dia, o sistema defensivo do Flamengo é um dos piores do...