01
  • Início
  • Coluna
  • Arrascaeta comenta sobre pressão de jogar no Fla e analisa “era Renato”

Arrascaeta comenta sobre pressão de jogar no Fla e analisa “era Renato”

Rogério Ceni foi demitido no último fim de semana pelo Flamengo. Em condições naturais, um treinador campeão nacional, da Supercopa e do estadual não seria demitido por agora, mas o cenário do Flamengo é de ampla pressão por resultados. E os jogadores sabem muito bem disso.

Em entrevista a uma rádio em Montevidéu, o meia Arrascaeta falou justamente sobre essa pressão de jogar no Flamengo. O jogador destacou que os atletas já estão mais do que acostumados com ela.

“Os jogadores de futebol estão acostumados a ter que mudar rapidamente e ter que se concentrar no clube, com o tempo você se acostuma”

“Infelizmente, não temos mais o Rogério Ceni, a pressão aqui é muito grande”, disse Arrasca.

Ainda, sobre a chegada de Renato Gaúcho, o uruguaio comentou sobre o que espera do trabalho e como se preparar para um confronto tão complicado diante do Defensa y Justicia, pela Libertadores.

“Agora vamos começar a trabalhar com o Renato Gaúcho. O Grêmio conquistou coisas importantes na mão do Renato e o grupo gostou muito dele. Ele conhece o clube e esperamos ter bons resultados”

Para Arrascaeta, o entendimento dos torcedores e suas cobranças são pelo bem do clube, e principalmente, para que o desempenho geral com o passar dos anos seja tão bom quanto dos anteriores, os torcedores querem o Flamengo “empilhando taças”.

“O clube formou plantel para lutar pelas três competições, Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Para o torcedor é muito importante que continuemos nessa sequência de títulos”

Portanto, apesar do foco na Libertadores neste momento, o elenco está totalmente voltado a conquistar tudo que for possível. Assim como tem sido nos últimos anos.

Veja também: Renato Gaúcho comanda o primeiro treino como técnico do Flamengo


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod