01
  • Início
  • Coluna
  • Em busca de quebra de tabu, Flamengo enfrenta São Paulo, o que esperar?

Em busca de quebra de tabu, Flamengo enfrenta São Paulo, o que esperar?

Hoje é dia de Campeonato Brasileiro, Flamengo e São Paulo entram em campo com objetivos surpreendentemente diferentes. Se a expectativa no início da temporada era de que a dupla rivalizasse por um título nacional, a realidade se mostrou um pouco diferente. O Flamengo ,que tropeçou no início da competição, busca no momento se aproximar dos líderes. Atualmente na sexta posição, mas com dois jogos a menos, o Flamengo caso vença todos seus jogos ficaria ainda 4 pontos atrás do Palmeiras, atual líder.

Por outro lado, o São Paulo sequer perto de lutar pelo título está, pelo contrário. A equipe de Crespo está apenas uma posição da zona de rebaixamento. A décima sexta posição não parece a colocação mais adequada para o time que o São Paulo tem. Porém essa parece ser a realidade do momento, e Crespo não parece muito preocupado. Alguns jogadores serão poupados hoje para jogar a Copa do Brasil, no meio da semana.

O São Paulo aposta em uma formação com três zagueiros e muita ocupação de meio de campo. Serão no total cinco atletas ocupando a posição em campo, algo que promete dificultar bastante a saída de bola do Flamengo, algo que tem sido um problema recente do time. Arão e Diego Ribas deverão ter mais trabalho que o costume.

A marcação apertada dos jogadores tricolores também obrigará boa exibição de Arrascaeta e Everton Ribeiro, que estarão muito bem marcados. O jogo poderá ser definido pela marcação no meio de campo e intensidade, com cinco jovens meio campistas, o São Paulo irá ter muita disposição tática, fato que poderá complicar o jogo para o Flamengo.

No ataque a dupla não inspira muita confiança nos torcedores, principalmente por Vítor Bueno, muito criticado. Marquinhos é jogador de velocidade, e ao lado de Vítor, tentarão aproveitar espaços na defesa.

Para vencer, o Flamengo precisará se impor no meio de campo, sair da marcação pressão na saída de bola e explorar bem o uso de três zagueiros. Fazer algo parecido com o que foi feito no segundo tempo quarta, na Libertadores, poderá ser válido. Abrir dois pontas e um centroavante em um esquema com três zagueiros, se não forem bem cobertos pelos meias, poderá causar danos no tricolor. Porém o Flamengo perderia mais uma peça no meio de campo, muito povoado.

Resta saber se com três atacantes, o Flamengo conseguiria levar a bola com qualidade para o ataque.

Veja também: Flamengo conclui a preparação para o confronto contra o São Paulo, pelo Brasileirão


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod