01
  • Início
  • Coluna
  • Flamengo, junto de outros clubes, se posiciona a favor da “Lei do Mandante”

Flamengo, junto de outros clubes, se posiciona a favor da “Lei do Mandante”

O Flamengo soltou um curto comunicado na tarde desta quinta-feira para se posicionar a favor do PL 2336/21, ou a Lei do Futebol Livre. Segundo o clube, o movimento irá fornecer ao futebol brasileiro a longo prazo maior concorrência, garantindo mais investimentos e um espetáculo de maior qualidade aos fãs de futebol e torcedores.

O comunicado também defende que a lei seja votada antes do recesso parlamentar, que acontece em julho nos próximos dias.

A chamada “Lei do Mandante” ficou famosa pelo desenrolar do Campeonato Carioca e dos direitos de transmissão da competição, principalmente em 2020, quando a Globo em meio ao torneio, após não se acertar com o Flamengo, decidiu rescindir o contrato.

Em primeiro experiência em 2021 com a Record, o resultado foi aquém do esperado pelos clubes de forma geral, apesar do Flamengo, com sua audiência, conseguir valores expressivos. O movimento tem apoio do Governo Federal.

Segundo a ideia de lei, os clubes teriam direito a negociar a venda de seus jogos como mandante, assim, emissoras de TV perderiam o domínio sobre a transmissão de torneios, como era o caso da Globo.

Apesar da ideia ser boa no papel, nenhuma emissora de TV aberta no Brasil conseguiu ainda se organizar para fornecer valores e transmissão à nível rede Globo, e os dados se refletem na audiência, onde nem SBT e nem Record conseguiram emplacar.

Mas isso é visto com naturalidade, a cultura dos canais tende a mudar com a nova realidade, bem como a cultura de quem está acostumado a assistir futebol. Ao menos, essa é a aposta do momento.

Leia também: É campeão! Remo rubro-negro conquista 2ª Regata Estadual na Lagoa


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod