01
  • Início
  • Coluna
  • Flamengo sofre no segundo tempo, mas vence o Fortaleza

Flamengo sofre no segundo tempo, mas vence o Fortaleza

Para quem assistiu o primeiro ontem entre Flamengo e Fortaleza, jamais poderia imaginar que o segundo tempo seria tão complicado. O rubro negro sufocou o Fortaleza os 45 minutos, foi dominante e poderia ter feito mais que dois gols, um placar mais elástico não seria absurdo.

Porém o segundo tempo se mostrou totalmente diferente. O Fortaleza já marcou um gol aos 30 segundos de bola rolando, e deu a ideia de como seria o restante da partida. O Flamengo teve problemas sérios nas suas linhas de marcação, como já é de costume. Diego e Gerson, por mais que sejam muito esforçados, não conseguem acompanhar corretamente o posicionamento da dupla de volantes, protegendo os zagueiros, e espaços se abrem.

Prova disso é que após a entrada de João Gomes o problema se amenizou, apesar do volante ter levado cartão amarelo precoce após saída errada de Diego Alves.

No ataque, os problemas de tomada de decisão e passes errados, principalmente com Vitinho e Michael, já são previsíveis. Não à toa Rogério Ceni cobra contratações na posição de meia, para suprir saídas de Arrascaeta e Evertton Ribeiro. Além disso, pede também um ponta pelas beiradas para suprir Bruno Henrique.

Vitinho até poderá ser útil pelo meio, mas é instável e se mostra jogador de momentos.

A saída de Gerson abre espaço no meio de campo do Flamengo para a subida de João Gomes ou entrada de Thiago Maia, que novamente foi relacionado ontem, e ficou no banco. Ambos jogadores possuem pegada mais marcadora, mas que pode fazer sentido em relação ao momento do time e do espaçamento entre a linha de defesa e os volantes. Diego Ribas deve ficar um pouco mais adiantado no meio, fazendo a saída de bola.

Veja também: “Campo dos Sonhos – Jogaremos juntos” chega ao Andaraí


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod