01
  • Início
  • Coluna
  • Flamengo
  • Rogério Ceni de volta ao comando do time, terá que mostrar força para não perde a invencibilidade

Rogério Ceni de volta ao comando do time, terá que mostrar força para não perde a invencibilidade

O Flamengo, após ser classificado para às oitavas de final da Copa do Brasil, em uma disputada realizada no meio desta semana em cima do Coritiba. Por isso, quando hoje voltar para o campo, tentará manter sua boa fase para esta temporada atual. Para o jogo de hoje (19), contra o RD Bragantino, o clube ainda enfrentará uma grande lista de desfalques por causa da Data Fifa.

Contudo, com a volta de Ceni, que acabou de sair do isolamento depois de ter testado positivo para a covid-19. Teve seu retorno na quarta, mas ficou no banco; voltará a comandar a equipe mesmo, no dia de hoje. Ceni, afirmou em entrevista para FlaTV; que este momento que passou em casa, apenas no home office, o mesmo usou o momento para estudar seus adversários.

“É um time muito bom e bem dirigido pelo Barbieri, que já trabalhou aqui no Flamengo. Ele está conseguindo construir um time eficiente. É um clube que tem dinheiro para investimento, traz jovens jogadores e de alta categoria. Tem um sistema de jogo até parecido com nosso. Joga em uma rotação alta, busca o gol, busca a posse de bola também”, começa o treinador.

“Um jogo duríssimo, bem mais complicado do que foi contra Coritiba e América-MG, com todo respeito. Os últimos jogos, em tese, foram mais controlados, acho que esse será mais equilibrado e com a posse de bola mais parelha. Vamos atrás da vitória, jogando com linhas altas, pressão, como de costume, independente de jogar em casa ou fora”, finaliza Ceni.

Flamengo Rogério Ceni Técnico
Foto: Flamengo

INVENCIBILIDADE EM JOGO

Temos para hoje, um jogo que trás dois times com uma sequência de vitória, querendo aumentar mais ainda sua sequência de jogos invictos. O RD Bragantino, vem a 16 jogos sem perder, por isso, o Flamengo tem uma dura caminhada para o jogo de hoje.

“Nesses 16 jogos, acho que teve a participação de uma gama de jogadores. Teve uma parte com o time que está mais acostumado a jogar, com Arrascaeta, Everton (Ribeiro), Gabigol. Depois, a gente já fez algumas alterações e hoje nós temos uma ataque que joga Vitinho, Michael, Bruno Henrique e Muniz ou Pedro. Há também a intensidade e o desejo dos jogadores, eles têm muita fome. São jogadores que estão buscando espaço e querem muito a vitória”, conclui Ceni.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod