Grave: Flamengo bate o martelo sobre punição a Gabigol

0
9

Gabigol foi flagrado em um evento clandestino na madrugada deste domingo, na Vila Olímpia, em São Paulo. O local tinha cerca de 200 pessoas, sendo fechado através da Policia Civil.

O fato aconteceu um dia antes da reapresentação oficial do elenco principal do Flamengo. O time principal ganhou folga de duas semanas antes de se reapresentar para se preparar para a nova temporada.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o Delegado Nico, que comandou a operação, revelou que Gabigol tentou se esconder em baixo das mesas e atrás de moças. Além disso, ele foi arrogante com os policiais: ”O Gabigol tentou se esconder com panos na cabeça e ficou atrás de moças e cadeiras no camarote de luxo! Ele foi arrogante com os policiais. Ele pode ser o Gabigol ou quem for. Ele foi conduzido!”.]

Segundo informações divulgadas pelo jornalista Mauro Cezar, no UOL, o Flamengo optou por não punir o jogador: ”Isso é assunto pessoal dele. Não viola qualquer vínculo contratual com o Flamengo. Aguardamos Gabriel na representação e torcemos que tenha um grande de ano”, disse o Rodrigo Dunshee.

O delegado Eduardo Brotero, que participou da operação, falou mais detalhes sobre o ocorrido em São Paulo: ”Tivemos a informação através de uma força-tarefa montada pelo governo do estado com a Polícia Civil, Polícia Militar, Procon, Corpo de Bombeiros, vigilância sanitária e outros órgãos como a Guarda Civil Metropolitana de que no lugar haveria uma festa clandestina com aglomeração, que é o que combatemos. Ao chegarmos no local, para a nossa surpresa, não se tratava de uma festa clandestina, e sim de um cassino clandestino. Na verdade bastante grande. Com diversas pessoas aglomeradas, se expondo ao contágio novamente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui