01

Mesmo com confusão, Ferj deverá manter os convidados

No último sábado os “polêmicos” convidados da primeira partida da final entre Flamengo e Fluminense acabaram causando algumas brigas e confusões vindas da arquibancada. São ao todo 150 convidados, além dos 55 membros de cada delegação. Fred acabou discutindo justamente com um destes membros do Flamengo. Durante a partida, Fred já tinha reclamado sobre os convidados rubro negros. Gabigol por outro lado, respondeu as provocações dos convidados tricolores com bom humor. Quando a partida acabou, indo para o vestiário, Fred chamou dirigentes para a “briga”. E além dele, Mário Bittencourt e um preparador físico do Fluminense saíram do vestiário soltando palavrões. Alguns jogadores do Flamengo não gostaram e foram tirar satisfação. Diante das polêmicas, Rubens Lopes, presidente da FERJ se pronunciou: “Quando se trata do interesse da CBF e da CONMEBOL, nada é obstáculo para se colocar 5.000 pessoas no estádio, de qualquer jeito, sem protocolo e sem qualquer cuidado que não seja a mímica do ilusionismo conveniente. Quando a ciência sucumbe à política ou a outros interesses, pouco se pode fazer. Aguardem o inicio do Campeonato Brasileiro e poderão ver que tudo passará a valer e ser possível”, ironizou o presidente.

Apesar de ironia do presidente da FERJ, brasileirão em 2020 foi todo sem público

O presidente da FERJ preferiu partir de uma ideia de que “interesses” explicam as liberações ou não. Realmente, com a queda de casos de covid (ainda muito pequena), a liberação aos poucos poderá acontecer. Porém, durante todo o Brasileirão 2020, não houve torcida, o que foi coerente a situação que o país vive. E em caso de novo crescimento de casos, assim deverá ser, por mais que dinheiro esteja envolvido, vidas importam mais. Leia também: Bola Aérea Defensiva É O Grande Problema De Ceni Veja também: Flamengo empata com o Fluminense em 1 a 1 no primeiro jogo da final do Carioca

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod