O ano é novo, mas a competição ainda é antiga. Afinal, devido a pandemia, o calendário brasileiro ficou atrasado em relação ao que normalmente é. Desta forma, já na quarta-feira tem rodada de Campeonato Brasileiro, e com ela, um clássico. Fla-Flu se enfrentam no Maracanã pela décima oitava rodada. O Fluminense ainda tem o sonho de se classificar para a Libertadores. Apesar da queda de rendimento após saída de Odair do comando. Enquanto isso, no rubro negro, o objetivo ainda é o título. Rogério e seus comandados sabem que daqui por diante, tropeços poderão significar o fim do sonho. Logo, espera-se bom desempenho.

O Fluminense virou o ano sem nenhum desfalque, e por isso, chegará completo para o confronto. Luccas Claro e Luiz Henrique, que eram os problemas mais recentes, fizeram trabalho específico e provavelmente estarão em campo. Nenê é outro que não esteve presente na última rodada e deverá entrar em campo quarta. Vale lembrar que desde a saída de Odair, Marcão assumiu a função, mesmo que temporariamente.

Porém, não é apenas o tricolor que chega em 2021 com boas notícias. O Flamengo terá o retorno dos suspensos Gabigol e Filipe Luís. Ambos não jogaram diante do Fortaleza e agora estão de volta. Por outro lado, Diego Alves segue sendo desfalque, com lesão na coxa. Hugo Souza continua tendo oportunidades para mostrar seu talento. Michael é outro que provavelmente estará de fora, com dores no joelho.

Hora de respostas

As últimas rodadas do Brasileirão serão cruciais para Rogério Ceni, pelo menos em relação a sua vida no Flamengo. Afinal, o treinador esteve presente nas duas eliminações, pela Libertadores e Copa do Brasil. Além disso, não apresenta futebol convincente no Campeonato Brasileiro. Os questionamentos crescem perante a torcida e perante a diretoria. Para Rogério se manter bem em 2021, precisará provar algo a mais na temporada.

Para isso, seria fundamental conseguir aumentar o desempenho individual de jogadores que nos últimos jogos tiveram queda considerável. Everton Ribeiro é o mais comentado pela torcida, porém Arrascaeta também preocupa. A dupla de meias é considerada por muitos o motivo do sucesso do time, a “cabeça” do time, por isso, é fundamental buscar a recuperação de ambos.

Leia também: Bolsonaro compara gol feito em jogo beneficente com gol perdido pelo Botafogo

Veja também: Flamengo fecha acordo com mais duas famílias de vítimas do incêndio do CT