• Início
  • Coluna
  • Renato minimiza falha na saída de bola, e revela o que disse aos jogadores
Publicidade

Renato minimiza falha na saída de bola, e revela o que disse aos jogadores

Publicidade

O Flamengo venceu o Defensa y Justicia por 4 a 1 na noite de ontem. A classificação do Flamengo para as quartas de final pode parecer tranquila analisando o placar somado de 5 a 1 no confronto. Porém tanto na Argentina quanto ontem o torcedor tomou alguns sustos.

Na noite de ontem, o Flamengo dominava o Defensa, podendo ter feito 2, 3 ou até 4 gols. Porém foi em uma falha de Diego Alves que os argentinos encontraram um empate improvável naquele momento.

O empate de fato não passou de um susto, e Renato foi questionado sobre as dificuldades do Flamengo na saída de bola.

É importante ter saída de bola e eu dou essa liberdade para os jogadores. Eu sei que essa pergunta é feita porque a gente tomou o gol, mas uma equipe que tem a qualidade que o Flamengo tem não pode ficar dando chutão toda hora. Agora, a ordem é: deu para sair jogando, a gente sai jogando. Não deu para sair jogando, a gente quebra lá na frente. Não vai querer arriscar, fazer coisa diferente no momento que o adversário aperta, disse o comandante, que finalizou.

Hoje infelizmente tomamos gol, mas infelizmente foi falha nossa mais do que mérito do adversário. Acontece. A saída de bola do Flamengo é um ponto forte que a gente tem

Garantido para as quartas de final, o Flamengo irá aguardar agora o seu adversário. Internacional e Olímpia jogam na noite de hoje, valendo a vaga que definirá o confronto com o Flamengo. A primeira partida, no Uruguai, terminou 0 a 0. Agora, no Brasil, o Internacional terá no Beira-Rio a chance de se classificar.

Veja também: Em Brasília, Mengão goleia o Defensa por 4 a 1 e avança para as quartas da Libertadores

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod