01
  • Início
  • Coluna
  • Vice-presidente de finanças fala sobre desafios na pandemia e explica estratégia no Flamengo

Vice-presidente de finanças fala sobre desafios na pandemia e explica estratégia no Flamengo

A pandemia complicou a vida de muitas pessoas economicamente, algo inevitável e que aconteceu em todo o mundo. Do pontos de vista esportivo, os clubes sempre muito dependentes de seu torcedor, sentiram demais os impactos do momento, o Flamengo não fugiu dessa realidade.

Com um orçamento menor que o de tempos anteriores, o Flamengo foi mais tímido no mercado de contratações no início do ano, contratando apenas Bruno Viana, e por empréstimo. O cenário se manteve o mesmo agora no meio do ano. Mesmo com a venda de Gérson por valores elevados, o Flamengo trouxe apenas Andreas Pereira e Kenedy, ambos por empréstimo. Existe também a possibilidade de David Luiz vestir a camisa do Flamengo, mas este também viria sem maiores investimentos iniciais, já que está livre de contrato.

Em entrevista ao canal do Venê Casagrande, o vice-presidente de finanças do Flamengo, Rodrigo Tostes, comentou a situação da equipe e a economia do clube nestes tempos complicados.

Traçamos vários cenários e estamos em um muito bom. Quando aconteceu a pandemia, nos reunimos no Comitê de crise, não sabíamos o que ia acontecer, entramos no choque de tentar segurar investimentos e reduzir despesas para equacionar, pois não sabíamos o horizonte que vinha. E foi muito pior do que a gente imaginava. A gente veio mudando de acordo com o cenário e trabalhando para aumentar receitas, intensificamos esse trabalho de aumentar receita para tentar compensar a linha de bilheteria, comentou o dirigente, que finalizou:

Hoje, o marketing supera receitas anteriores com o Mercado Livre, por exemplo. E outros patrocinadores. A gente não pode olhar a curto prazo, não adianta investir X por três ou quatro jogos. Com contratos de longo prazo, podemos nos comprometer a longo prazo. Essa mudança de acelerar o time todo de marketing, foi importante

O Flamengo perdeu alguns patrocinadores durante a pandemia, mas conseguiu substituir todos eles, e hoje a equipe tem, junto do Palmeiras, o maior aporte econômico em patrocínio.

Veja também: Flamengo Sub-17 goleia de novo e encaminha classificação para as quartas de final da Copa do Brasil


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod