quinta-feira, setembro 24, 2020
Início Notícias A culpa é do Flamengo.

A culpa é do Flamengo.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

FALANDO DE FLAMENGO: Por Sorín

Foi.
No fim das contas, como bem observou Zé Ricardo, acabou prevalecendo a melhor
pontuação na classificação geral na decisão dos dois finalistas, o que só
diminui um pouco mais a importância da Taça Guanabara e da Taça Rio, já
esculhambadas por conta do regulamento tosco do Ferjão #201SETE. De cá a gente
fica torcendo pra consertarem o treco no ano que vem. E torcendo mais ainda pra
optarem pelo simples.
A
esperança de reduzirem o número de figurantes, os tais Clubes de Menor
Investimento, nem rola muito. O melhor é torcer pelo básico: Campeões dos
turnos se enfrentam na Final. Sendo sincero, nem acho a melhor fórmula, apesar
de ser a mais simples, mas o medo de que o povo tente mexer muito é maior. Não
dá pra duvidar da (in)capacidade de terno e gravata. Vai que eles conseguem
piorar ainda mais a bagaça? Melhor não arriscar.
Sobre
ontem… Flamengo venceu com propriedade e ,para desespero da Fla-Anti-Fla,
Saraujão da Massa e Vaz não comprometeram. Do Zé Ricardo eu nem vou falar
muito. Se os números do cara à frente do comando não conseguem convencer os que
querem sua demissão para contratar sei lá quem, não é o Tio aqui que terá tal
capacidade.
Louvável
o time do Botafogo e o Jair Ventura. Dosaram na primeira etapa, por conta do
cansaço acumulado da longa jornada do meio de semana com a viagem para o
Equador e, na hora que viram que não tinha outro jeito, partiram com força e
sem limitações para o ataque, fazendo a partida melhorar muito na segunda
etapa. Melhor ainda, não ficaram se ancorando em desculpas. “Tem que saber
perder”, disse o técnico na coletiva. Uma pena que (pelo menos não vi) o
presidente não deu as caras para se pronunciar. O cara está meses e meses
achando que “A CULPA É DO FLAMENGO” para todo e qualquer assunto e, justo no
dia que ia ter razão, já que até um relógio quebrado está certo duas vezes por
dia, ele some.
Partidaça
do Guerrero não só pelos gols, mas por todo o conjunto da obra. Outro que teve
brilhante desempenho foi o Diego. Mesmo quando não joga o cara se destaca. Foi
pra concentração, foi pro Maraca, deu o apoio que podia dadas as condições. Não
importa onde está a braçadeira. Ribas é o Nosso Capitão.
Agora
é esperar o também competente time dirigido pelo Abel. Tem tudo pra ser uma
Grande Final. Fazer o futebol respirar no Carioqueta nem que seja ao apagar das
luzes. A brincadeira, a molecagem que chamam pelo nome pomposo de Campeonato
Estadual do Rio de Janeiro sai muito caro. O saldo até agora na receita líquida
é de quase 1 milhão de lucro pra FERJ, que não joga bola e merecia pagar era
uma multa por conta da desorganização, pouco mais de 600 mil de “lucro” para o
Flamengo, que ia ganhar bem mais dinheiro se fizesse uns cinco amistosos pelo
Brasil afora, e prejuízo para os nossos eternos candidatos ao posto de maior
rival, com o do Botafogo passando bem da cifra de um milhão.
Corrigindo
o que o Boteco disse ontem, em 95 o campeonato foi decidido em um octogonal.
Final mesmo com a dupla Fla-flu ocorreu no distante ano de 1991. Nesse ritmo,
se eles não chegam nunca, vai ser difícil mesmo reverter a festejada vantagem
tricolor nos números. Vasco e Botafogo nos enfrentaram seguidas vezes em finais
nos últimos anos e a gente sabe muito bem o resultado.

MAIS LIDOS

Jorge Jesus no Flamengo: Treinador exalta a torcida do Fla

O técnico Jorge Jesus deixou o Flamengo logo após ter uma temporada praticamente perfeita com o Rubro-negro. Hoje treinador do Benfica, ele ainda é...

Governo do Rio libera público nos estádios; Fla era a favor

O surto recente de casos de covid no Flamengo parece não ter impressionado dirigentes do clube e políticos do Rio de Janeiro. Na manhã...

Fla hoje: Fábio Sormani critica o Palmeiras

O comentarista Fábio Sormani, dos Fox Sports, não perdeu a oportunidade de criticar o Fla hoje e o Palmeiras. O comentarista detonou o Palmeiras, já que o time...

Campeão de infecção: Fla é o time com mais contaminados pela Covid-19 na série A

Antes da retomada do futebol no Brasil, o Flamengo foi o principal apoiador da ideia da volta do esporte durante o auge da pandemia...