“A gente quer o Flamengo de volta”, afirma Zé Ricardo.

Foto: Bruno Giufrida

GLOBO
ESPORTE
: Momentos antes do primeiro treino do Flamengo na Ilha do Urubu, o
técnico Zé Ricardo falou sobre o estádio e mostrou muito entusiasmo com a nova
casa rubro-negra. De olho na proximidade da torcida com o campo, pediu apoio
irrestrito e recorreu a um canto da torcida (Acima de tudo rubro-negro) para
mostrar que acredita em incentivo durante o tempo inteiro da partida com a
Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 21h.


Torcida está no seu direito de cobrar, ela quer ver time lá em cima, e não
começamos bem o Brasileiro. Acho que podemos conseguir os três pontos amanhã
(quarta-feira) e conseguir uma arrancada. É um momento oportuno para
inaugurarmos o estádio. Como a torcida canta “Vou te apoiar até o
final”, ela vai apoiar nesse momento – afirmou.

afirmou que o Flamengo sempre pensou em criar um alçapão dentro da Ilha do
Governador. E espera que consigam, com boas atuações e sinergia com a torcida,
um ambiente de muita pressão para os adversários.

Primeira impressão muito boa. A questão da iluminação é realmente muito boa.
Quando a gente chega no estádio e vê uma iluminação muito boa assim, a gente
fica feliz. Nos jogos noturnos, parte da dificuldade vem da iluminação. Mas a
gente vai se sentir muito bem aqui amanhã. Espero que a torcida empurra, faça a
festa. A gente conta com o apoio da nossa torcida. Vi ali que o alambrado é bem
perto. Espero que ela faça muito barulho. Porque é um momento que a gente
precisa do apoio da nossa torcida, que é nosso maior patrimônio.
Confira
outros tópicos:
Conversa com Willian Arão
Não
deu tempo de conversar ontem com todos os jogadores. Conversei com ele hoje,
com o Rhodolfo também. Tudo normal. Ele joga amanhã. Está aqui. Então joga. O
Willian Arão é um jogador fundamental para a nossa equipe. Ele vai sair dessa
fase dentro de campo, jogando.
“Quando o Willian vai mal, o time vai
mal”
O
Willian participou de praticamente 90% dos jogos da nossa equipe. Ele é
fundamental pra nossa equipe. Ele é um ponto de equilíbrio no nosso meio-campo.
Fui reforçar isso. Se ele está passando por um momento ruim, vai sair dele
dentro de campo porque quando ele vai mal, nosso time vai mal. Reforcei a
confiança nele.
Time definido
A
equipe está definida. Estamos nos preparando da melhor maneira possível.
Sabemos que é um jogo atrás do outro. Às vezes a gente não consegue fazer tudo
que a gente quer, mas faz tudo dentro do possível. Nosso foco, o meu foco é
aumentar a performance da nossa equipe. E assim voltar às vitórias que é o mais
importante pra gente.
“A gente quer o Flamengo de
volta”
A
gente quer o Flamengo de volta. O Flamengo ofensivo, atacando, tomando conta do
jogo, mordendo com a maior pegada. Isso que a gente quiser. E que isso volte a
partir de amanhã.
Condição de Conca
Conforme
todo o planejamento do CEP lá atrás, a partida contra o Avaí marcava o início
dele pra ir para as relações, para o campo. Temos problemas de jogadores
voltando, e para ele se sentir mais confortável e a equipe mais equilibrada, a
gente tem que esperar o momento certo. Se tiver que ser amanhã, vai ser amanhã.
Na segunda-feira a participação dele no jogo-treino já foi bem melhor. E vamos
colocá-lo em condição gradativamente.
Expectativa por Ponte defensiva
A
gente espera uma Ponte Preta esperando a gente. Até porque não estamos passando
por um bom momento, então acreditamos nisso. Mas temos que estar preparados
para as duas situações. O que a gente espera é a torcida apoiando a gente, que
ela passe confiança pra gente. E dentro da estratégia de jogo buscar o ataque
sem se desguarnecer porque a Ponte tem jogadores rápidos que podemos nos
surpreender se atacarmos de qualquer maneira.
Mudanças de acordo com prerrogativas da
comissão
Já não
é a primeira vez que nesse ano de profissional a imprensa, torcida criticam um
jogador por muito tempo, e a gente mantém o jogador jogando independente de
posição. As prerrogativas de troca são da comissão técnica e minha. Então
quando a gente achar que tem que fazer mudança, vai fazer. Temos vários
aspectos para analisar o rendimento, um deles é o resultado mas não é o único.
A gente tem números para analisar cada partida melhor. E é em cima disso, da
nossa convicção e da confiança no atleta que entra e que sai.
Reforços
Todo
reforço de peso é importante para o plantel para jogar três, quatro
competições. E eu penso que todo atacante de qualidade tem que estar na mira de
um grande clube. Tanto Everton Ribeiro, que já chegou, e o Geuvânio, se chegar,
vão agregar muito pra gente.
Papo com o grupo
Conversamos
depois do jogo contra o Avaí que é importantíssimo estabelecermos a confiança
no nosso grupo. Por isso é fundamental termos a confiança da nossa torcida
desde o início do jogo. Para os jogadores se sentirem confiantes para executar
aquilo que planejamos. Tenho certeza que se a gente voltar a jogar bem, as
vitórias vão reaparecer e as coisas vão voltar ao normal.
“Nova Fortaleza”
Espero
que seja uma nova fortaleza. Tem tudo pra isso. Que seja o lugar da nossa
torcida. A empatia entre torcedores e jogadores pode ser fundamental. Claro que
pra isso a equipe precisa render. Com certeza se isso acontecer, a torcida vai
comprar nossa equipe, como sempre comprou. E aí vai dificultar muito pro
adversário.
Rede veu de noiva
Tem
tudo a ver. Ontem foi dia dos namorados. É muito bonita. A gente que se
acostumou com os jogos dos anos 80, 90, os estádios tinham essa rede. É
realmente muito bonito ver a bola entrar nesse gol. Espero que a gente faça
muito gol aqui.
Rhodolfo
Estava
conversando com ele sobre isso. Ele e Everton tem uma técnica inquestionável. E
assim que estiverem à disposição, bem, sem risco, vão participar dos jogos.
Em
casa após viagens em 2016 e muitos jogos como visitante neste Brasileiro
As
viagens são muito cansativas. Nesse início fizemos quatro. Dois jogos em casa e
um clássico, que a gente considera neutro. Agora queremos fazer valer nosso
mando de campo, pressionar bastante o adversário para conseguir pontuar na
tabela. E botar o Flamengo no seu devido lugar.
Vinicius Júnior

A
condição física a gente não se preocupa não. A questão é ele pegar esse timing
pra saber quando fazer a jogada individual dele. Mas ele tem muito mais que o
jogo individual. Ele é inteligente, tem boa movimentação, infiltra bem na linha
de defesa do adversário, bom nível de finalização. Então acho que são questões
que a gente espera que ele possa reproduzir amanhã, caso ele venha a jogar. E
com essa sequência de jogos que ele consiga ter cada vez mais condição de jogar
nos profissionais. A gente tem que sempre reiterar que é um atleta que ainda
precisa evoluir bastante em todos os níveis. E ele vai fazer isso jogando,
dentro de campo nos ajudando.
Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.