segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias A lógica da quantidade x qualidade no patrocínio esportivo.

A lógica da quantidade x qualidade no patrocínio esportivo.

Máquina
do Esporte – Não fosse pelo placar indicando que Flamengo e Santos estavam em
campo no último domingo, pouca gente conseguiria reconhecer a camisa consagrada
na história do futebol mundial por Pelé. No afã para amortizar uma dívida de R$
400 milhões, o clube acertou seis patrocínios pontuais para a partida. Somados
aos acordos fixos e com o próprio escudo, o time da Vila Belmiro exibiu dez
marcas no Maracanã.
A
poluição visual pode ter rendido alguns reais aos cofres santistas, mas
desvalorizou o que o clube tem de mais precioso: sua própria marca. Escondido
entre nomes como Loja do Mecânico e Ice Creamy, o símbolo alvinegro parecia
afogado em sua crise financeira, decadência administrativa e guerra de egos nos
bastidores do clube.
Tão
claro como a desordem no Santos, é a lógica de que o “loteamento” do uniforme é
uma estratégia que empobrece a marca e denuncia a desvalorização das suas
propriedades. Quem pode mais, exibe menos. Quem tem mais poder no mercado, não
precisa de seis patrocinadores pagando ninharia por um jogo. Quantas são as
marcas na camisa do Barcelona? Trazendo o contexto para o Brasil, Corinthians e
Flamengo – por exemplo – mantêm suas identidades intactas, apesar de
enfrentarem dificuldades financeiras.
A
trajetória centenária do Santos não merece a mácula de uma gestão que não sabe
reconhecer o valor do clube. Seis patrocínios pontuais não merecem comemoração.
São sinônimo de incompetência, não o contrário. São o ponto de partida para
analisar o que está errado na Baixada Santista.

MAIS LIDOS

Dome se diz “extremamente orgulhoso” da atuação do Fla após empate

Ausente no empate em 1 a 1 diante do Palmeiras, na tarde deste domingo (27), Domènec Torrent, afastado por estar infectado pelo novo coronavírus,...

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...

Jordi Guerrero rasga elogios a Base do Fla: “Estavam preparados para jogar”

Jordi Guerrero, substituto de Domènec Torrent na tarde deste domingo diante do Palmeiras, onde a equipe saiu de campo com um empate em 1...

Lincoln cutuca o Palmeiras após grande atuação

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, em jogo contra o Palmeiras. O confronto pelo Campeonato Brasileiro por pouco não saiu do...