terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias A transição Luxa-Cristovão não deve ser interrompida agora.

A transição Luxa-Cristovão não deve ser interrompida agora.

O
Fluminense – O debate se tratando de Flamengo sempre é grande, afinal, são 40
milhões de técnicos, médicos, fisiologistas; diretores de futebol, finanças e
gestores. O rubro-negro hoje é o 13° colocado na tabela de classificação do
Campeonato Brasileiro graças a derrota do último domingo para a Ponte Preta, em
Campinas. Os 20 pontos conquistados até aqui o coloca a cinco de diferença para
o primeiro colocado do Z4 – Goiás – e 10 de diferença da zona de classificação
da Libertadores da América, cujo primeiro time a aparecer é o Fluminense. As
ambições do início da competição se tornaram mais difíceis, é inegável, mas
ainda é possível conquistar um melhor resultado na temporada. 
Desde
que Cristóvão Borges assumiu o comando técnico do Flamengo, o clube tem
convivido com altos e baixos: foram sete derrotas, seis vitórias e um empate
até aqui. Com Vanderlei Luxemburgo, nas três primeiras rodadas do campeonato,
foram duas derrotas e um empate. Não tem como negar que Cristovão Borges
melhorou o time, completamente destroçado por Luxa, dando um padrão de jogo,
equilíbrio e consistência. O clube é hoje, obviamente que com algumas
contratações importantes – Guerrero, Emerson Sheik e Alan Patrick -, um time
muito mais inteligente e competitivo. Com ele, em comparação ao time do
“pofexô”, Flamengo finaliza mais, acerta mais passes, desarma mais, e
seus atacantes ficam menos impedidos. Em suma, joga mais. O exemplo mais claro
de tudo isso foi o 1° tempo extraordinário contra o Santos, na rodada anterior
a deste domingo. 
A
facilidade que tem em escalar a equipe e direciona-la, porém, não é a mesma em
analisar as partidas durante a mesma – fato comprovado no último domingo, na
qual trocou Alan Patrick por Luiz Antônio. Claro que nem sempre as
peças/jogadores disponíveis ajudam na hora de escolher o atleta a sair do banco
e desempenhar um bom papel em campo, e Cristovão tem sofrido com essa situação.
A pressão sobre o treinador cresce a cada dia e uma eventual demissão do mesmo
não seria surpresa, mas é importante frisar que pouco o mais de dois meses a
frente de clube não é suficiente para tal conclusão/demissão. Existe ainda uma
transição (Luxa-Cristovão) em curso e quebra-la agora seria atestar a falta de
planejamento, de ambição por um lugar melhor nas competições que estão sendo
disputadas, como a Copa do Brasil, por exemplo. 
Existe
uma coisa chamada continuidade, algo raro no futebol nacional. Poucos são os
treinadores que tiveram vida longa em clubes no país. As críticas servem para o
crescimento profissional, e técnico do Flamengo tem de saber que por lá a
pressão é grande e que nunca agradará a todos. Os erros servem para informar
nada mais nada menos de que não podem ser repetidos, insistidos. O Flamengo
passa por um momento de mudança e a demissão poderia interromper o critério que
Cristovão está tentando implementar, de coerência, continuidade, por mais que
os erros por vezes teimem em aparecer. 
De
um time montado para o tiro rápido da Copa do Brasil de 2013 até hoje, o
rubro-negro tomou forma, uma espinha dorsal foi criada e o encaixe dos demais
membros no esqueleto ainda precisa de um certo tempo. Quando esse dia chegar,
alinhado com sua diretoria extremamente competente e sua torcida enlouquecida,
aí sim, será difícil segurar o Flamengo.

David Tavares

MAIS LIDOS

As opções de Domenec

Não são tão vastas as opções para Domenec, ele precisará quebrar cabeça para encontrar o melhor Flamengo possível para hoje. É bem verdade que...

Voo com “reforços” é barrado no espaço aéreo peruano

A situação do Flamengo anda tão complicada que até o simples não tem funcionado. Na madrugada desta segunda para terça o avião dos jovens...

Jorge Jesus quer voltar ao Flamengo? Jorge Nicola explica

Ao longo dos últimos dias, um boato começou a ganhar força no Twitter. O boato diz que Jorge Jesus estaria insatisfeito no Benfica e...

Sormani detona o Flamengo na pandemia: ”É o que mais faz bobagem”

O Flamengo não está tendo dias fáceis. Nesta segunda-feira, o Rubro-negro anunciou que mais um atleta foi contaminado pelo Novo Coronavírus. Com Vitinho também contaminado, o...