• Início
  • Notícias
  • Alisson nega conhecer música do Flamengo sobre o Mundial: “Não era nem nascido”
Publicidade

Alisson nega conhecer música do Flamengo sobre o Mundial: “Não era nem nascido”

Publicidade

Como esquecer daquele dezembro de 1981? Quando o Flamengo botou os ingleses na roda e fez 3 a 0 no Liverpool, deixando essa marca na história. Trinta e oito anos depois e seu povo pede a conquista do mundo… de novo. Hoje, no entanto, os nomes são outros e, por mais que exista a chance de repetir o feito de Zico diante dos Reds, nenhum jogador do atual plantel rubro-negro era nascido na época – e nem o goleiro Alisson.

Os cariocas fizeram música para eternizar a conquista mundial e, assim, passar a história de geração em geração. O Liverpool, no entanto, nunca teve a mesma oportunidade – considerando que nunca foi campeão do torneio. Questionado sobre a ‘provocação’ rubro-negra, o goleiro Alisson provocou e destacou a diferença entre o futebol da época e o atual.

– Sei que tem uma música, mas não conheço. Isso (a final entre as equipes) faz bastante tempo e eu não era nem nascido. Hoje é outro futebol e vai ser um grande jogo, um grande desafio para nós e para o Flamengo também -, respondeu na zona mista, após se classificar para final do torneio.

FOTO: AFP

O Flamengo de Raul, Leandro, Marinho, Mozer, Júnior, Andrade, Adílio, Zico, Tita, Lico e Nunes era comandado por Carpegiani quando levantou o caneco mundial diante do Liverpool de Bob Paisley. Assim como na atualidade, os ingleses não davam o mesmo valor que os brasileiros ao Mundial de Clubes – o que não é visto como justificativa considerando a diferença de investimento dos clubes.

Trinta e oito anos depois e o cenário, em si, é semelhante. Um Flamengo soberano em seu continente diante de um Liverpool superior, poderoso e vencedor da Liga dos Campeões. A diferença entre as equipes ainda é gritante, mas, taticamente, isso se diminui. O futebol ofensivo de ambas equipes nos leva a apostar em um grande espetáculo.

Flamengo e Liverpool se reencontram no próximo sábado (21), às 14h30, no Estádio Internacional Khalifa, em Doha. O jogo é único e marca, também, a penúltima edição neste formato.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod