segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Análise do Resultado Financeiro do Flamengo - 3º Trimestre.

Análise do Resultado Financeiro do Flamengo – 3º Trimestre.

LIVRO
A NAÇÃO – O Flamengo publicou alguns dias atrás o Balanço Financeiro Trimestral
do 2º Tri de 2015.
Para
relembrar os resultados anteriores, revisite a análise detalhada dos números
referentes ao fechamento de 2014 (veja aqui) e a análise dos números do 1º Tri
e análise dos números do 2º Tri.
A
análise mais uma vez se debruçará sobre indicadores de estoque: Empréstimos de
Curto Prazo, Dívida e Razão Dívida/Receita Anualizada (indicadores de estoque
são um retrato de momento) e em indicadores de fluxo: Receita Total, Receitas
Brutas do Futebol e Resultado Líquido (os indicadores de fluxo são crescentes no
exercício, acumulando-se ao longo do ano até o resultado anual final).
Eu
havia dito na Análise do Balanço Financeiro de 2014: “o que mostra como a
situação, ainda que tendo melhorado bastante, está longe de ser tranquila é que
cresceram nestes dois anos tanto os Empréstimos com vencimento de curto prazo
(eram R$ 70,9 milhões no fechamento de dezembro de 2014), quanto o volume de
Contas a Pagar de curto prazo (eram R$ 51,8 milhões no fechamento de dezembro
de 2014). Estas duas rubricas precisam ser atentamente acompanhadas nos
exercícios de 2015 e 2016”.
Estas
contas precisam ser monitoradas de perto, como termômetro da Saúde Financeira
do Flamengo. As contas a pagar de curto prazo estão estáveis, já os empréstimos
seguem em viés de alta! É nesta rubrica que cabe maior atenção! Ao fim do 3º
Tri 2015, eram R$ 74,2 milhões em empréstimos de curto prazo, bem acima dos R$
53,7 milhões do fim do 1º Tri e acima dos R$ 70,9 milhões do fim de 2014, e
muito maior ainda do que os R$ 32,3 milhões verificados no fim de 2013.
Quanto
aos fluxos, notícias muito boas! O nível de receitas do Flamengo continua muito
bom, mantendo o patamar de 2014, quando o clube passou a ser o líder em
receitas no futebol brasileiro.
O
Flamengo teve em 2014 a maior receita da história do futebol brasileiro: R$
334,3 milhões. A receita do 1º Tri 2015 havia sido maior que a do 1º Tri 2014
(R$ 86,8 MM vs R$ 85,7 MM, um aumento de R$ 1,1 milhão). A do 2º Tri foi
levemente menor que a do 2º Tri 2014 (R$ 163,7 MM vs R$ 164,9 MM). No 3º Tri o
acumulado supera em quase R$ 10 milhões o resultado no mesmo período do ano
anterior (R$ 253,0 milhões vs R$ 243,2 MM). O Flamengo caminha a passos largos
para o Bi-campeonato Nacional em Receita. O caminho indica que as receitas em
2015 deverão ser maiores que em 2014.

Abrindo
as receitas do futebol, vemos que elas cresceram bastante de 2014 para 2015. As
receitas brutas, sem o desconto dos impostos pagos, fecharam o 3º Tri de 2015
em R$ 234 milhões, acima dos R$ 219 milhões verificados no mesmo período do ano
anterior, indicando que o fechamento de 2015 tende a ser superior a R$ 300
milhões já verificado em 2014 (muito acima dos R$ 178 MM de 2012 e dos R$ 240
MM de 2013).
Houve
sensível melhoria de receita com as Transmissões de TV. As receitas com a
televisão cresceram R$ 12 milhões (R$ 102 MM até o 3º Tri 2015 contra R$ 90 até
o 3º Tri 2014).
As
receitas de bilheteria reverteram a queda em 2015 observada nos dois primeiros
trimestres. A arrancada, com melhoria de desempenho no Brasileiro foi a grande
responsável pelo excelente resultado. O desempenho foi R$ 11 milhões acima do
observado no acumulado dos três primeiros trimestres de 2014.
A
receita com patrocínio do futebol também subiu, R$ 9 milhões a mais do que o
verificado no mesmo período do ano anterior. Coroa o excelente trabalho de
marketing da diretoria. Com a crise econômica grave pela qual passa o país,
esta rubrica tende a sofrer nos próximos doze meses, mas é um problema que já
afeta a todos os clubes, que tendem a sofrer neste quesito mais do que o Flamengo
(muitos já estão sofrendo bastante).
Por
fim, as receitas com o Sócio-Torcedor, que caíram na comparação dos três
primeiros trimestres de 2015 frente aos três primeiros trimestres de 2014. Mas
é uma rubrica que os números já indicam que voltarão a ter crescimento a partir
daqui, já que as adesões cresceram muito ao longo do Brasileiro 2015. O
fechamento de 2015 tende a ser levemente superior aos R$ 30 milhões obtidos em
2014, ou muito próximo a isto.
O
Resultado Líquido segue seu caminho de expressivo superávit. Em 2014 o Flamengo
teve o maior superávit do futebol brasileiro e o maior da história do clube. No
1º Tri 2015 o resultado superou em R$ 4,1 milhões o do 1º Tri 2014. No 2º Tri
2015, porém, ficou R$ 2,4 milhões abaixo do de 2014. O resultado recém
divulgado impressiona: R$ 142,1 MM no 3º Tri 2015 contra R$ 52,9 MM do 3º Tri
2014). Certamente repetiremos em 2015 um excelente superávit, tendendo a ser
ainda maior do que o verificado em 2014.
Por
fim, voltando aos estoques, mais excelentes notícias! A dívida do Flamengo
voltou a cair! No fim de 2012, a dívida era de R$ 715 milhões. No fim de 2013
estava em R$ 626 milhões (queda de R$ 89 milhões no ano). No fim de 2014
terminou em R$ 577 milhões (queda de R$ 49 milhões no ano). Ao fim do 3º Trimestre
de 2015 fechou em R$ 463 milhões (queda de R$ 114 milhões no acumulado até
então em 2015).
O
endividamento mantém a trajetória de queda. A razão entre dívida e receita era
de 3,6x no fim de 2012, passou a 2,4x no fim de 2013 e a 1,7x no fim de 2014 e
agora está em 0,9x. Excelente desempenho, aproximando-se da relação observada
em clubes cujas finanças são consideradas exemplo, e não por coincidência são
os clubes que brigam na ponta da tabela do Campeonato Brasileiro na última
década.
O
histórico das análises publicadas no blog está em: Gestão Azul: Diário da Revolução Prometida.
Marcel Pereira

MAIS LIDOS

Presidente do Atlético-MG afirma que vai pedir a exclusão do Fla do Brasileirão

Após muita polêmica, a partida entre Palmeiras e Flamengo foi realizada. O ocorrido gerou muitas reclamações de outros clubes pelo fato de o time...

Fla hoje: Hugo ou César na Libertadores?

O Fla hoje agora está focado na disputa da Libertadores da América. Na próxima quarta-feira, o Rubro-negro carioca tem pela frente um dos jogos...

Dome se diz “extremamente orgulhoso” da atuação do Fla após empate

Ausente no empate em 1 a 1 diante do Palmeiras, na tarde deste domingo (27), Domènec Torrent, afastado por estar infectado pelo novo coronavírus,...

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...