Apesar de buscar o título, Réver nega favoritismo do Flamengo.

Réver e Rhodolfo, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

GLOBO
ESPORTE
: A prova de que o Flamengo possui um elenco qualificado é o fato de
que, mesmo poupando peças importantes como Diego e Guerrero para a partida
contra o Palestino, ainda contará com um time competitivo para a estreia na
Sul-Americana, nesta quarta-feira, 21h45, em Santiago, Chile. Quem está
relacionado para o jogo é o capitão Réver. Perguntado, porém, se o Rubro-Negro
poderia ser considerado favorito ao título do torneio continental, o zagueiro
rechaçou o rótulo:

– Não
digo favorito. Nós só somos favoritos mostrando dentro de campo. Não se vence
jogo no papel, independentemente de ter um time muito forte ou não. Tanto que
há duas ou três rodadas éramos um dos piores na boca de muita gente aí. E agora
tem muita gente mudando de opinião. Então a gente tem que ficar calado,
trabalhar e buscar nossos objetivos. Só assim vamos chegar aos tão sonhados
títulos com a camisa do Flamengo – disse.
E o
Flamengo reencontrará justamente o algoz da edição de 2016, o Palestino. Para o
zagueiro, o fato não aumenta nem diminui as cobranças, que sempre existirão em
um clube do tamanho do rubro-negro.
– No
ano passado com a nossa eliminação, mesma cobrança. A cobrança sempre vai
existir, independentemente se a competição é gigante ou menor. O Flamengo é
sempre muito forte nas competições. Temos obrigação de estar defendendo grande
clube, de vencer sempre. Então eliminação tem sempre um peso muito grande. Esse
ano espero que tenhamos mais felicidade que ano passado contra o Palestino.

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.