Após ação na justiça, Fluminense passou a ver Pedro e seu estafe como desafetos do clube; entenda

Por: FlaHoje

Antes da bola rolar entre Flamengo e Fluminense pela semifinal da Taça Guanabara nesta quarta, Pedro esteve na porta do vestiário do Fluminense para cumprimentar colegas e pessoas do clube. Tudo ocorreu num clima bastante amistoso, bem diferente do que o próprio junto com seu estafe cobra na justiça. Pedro abriu ação contra o Fluminense cobrando pouco mais de 2 milhões de reais.

É claro que a relação de Pedro com as pessoas de dentro do clube é indiferente a possíveis atrasos. Afinal, o que está em contrato está, e o jogador merece receber o que lhe foi prometido. A ação porém não foi bem vista por parte da diretoria do Fluminense.

Se já soubéssemos disso, com certeza a reação (a ele) teria sido diferente“, comentou um dirigente do clube.

Até então Pedro recebia críticas vindas apenas da arquibancada por ter acertado com o maior rival do tricolor. Porém a visão passou a ficar desgastada também com a entrada do jogador na justiça.

Fluminense entende algumas cobranças como sem cabimento

Não apenas a ação em si incomodou os dirigentes, mas a maneira como algumas delas “se cobram” também. Pedro por exemplo pede um valor referente a não contratação de um seguro para acidente de trabalho. Pedro ficou oito meses parado devido a uma lesão no joelho. Essa situação o fez perder uma convocação para a seleção. Mas os dirigentes entendem não fazer menor sentido essa cobrança pela falta de seguro. Já que seu salário foi pago normalmente durante a lesão. Além de nunca ter encaminhado o jogador ao INSS.

Por outro lado alguns pedidos da ação são considerados justos. O que pesa mesmo na imagem do atleta e seu advogado são os pedidos “exagerados”, segundo os dirigentes do Fluminense.

Atitudes de advogado de Pedro são repudiadas por tricolores

O advogado Carlos Theotonio Chermont tem chamado a atenção também nas redes sociais pelos seus comentários. Em comentários recentes pelo Twitter, ele rebateu posts de Michael Simoni, ex-coordenador médico do Fluminense.

É de certa forma unanimidade nas laranjeiras que o objetivo de Theotonio é de os prejudicar. Ainda mais levando em consideração que a ação movida no caso Pedro ainda pede a exclusão do tricolor no Ato Trabalhista.

O Flamengo que nada tem com isso, segue sua preparação normalmente para o grande confronto do domingo. Final diante do Athlético-PR pela Supercopa do Brasil, a chance da equipe treinada por Jorge Jesus levantar a primeira taça do ano.

 

Aloizio Pita de Castro Jr
Aloizio Pita de Castro Jr
Um grande amante do futebol e principalmente do Flamengo. Redator com grande experiência e trabalhos em outros grandes portais. Hoje estou no Fla hoje.

MAIS LIDOS

Domenec sinaliza para mudanças no time titular para quarta

Após vitória humilhante do Flamengo sobre o Corinthians em São Paulo, Domenec comentou sobre a sequência de jogos do rubro negro e sobre a...

Nova posição de Vitinho chama a atenção

Na tarde de ontem, o Flamengo conseguiu categórica vitória sobre o Corinthians na Neo Química. Com o placar de 5 a 1, o rubro...

Neto tem reação hilária com goleada aplicada pelo Flamengo

O Flamengo jogou neste domingo diante do Corinthians, fora de casa, onde novamente teve um time modificado por Dome Torrent. O resultado dentro de...

Reação de Vampeta na goleada vira piada; veja

O Flamengo jogou neste domingo diante do Corinthians. O confronto tinha tudo para ser complicado, entretanto, o Rubro-negro foi completamente dominante, aplicando no Corinthians...