Ontem o Atlético-MG perdeu a oportunidade de retornar a liderança do Campeonato Brasileiro. A equipe mineira foi para o Nordeste e acabou perdendo para o Bahia por 3 a 1. O resultado fez com que a equipe de Sampaoli mantivesse seus 31 pontos, contra 34 de Flamengo e Internacional. O Atlético tem uma partida a menos e pode empatar em pontos com Inter e Flamengo ainda.

Mas, na partida de ontem, houve um lance polêmico onde os atleticanos pediram pênalti não marcado pelo árbitro e também pelo VAR. O vice-presidente Lásaro Cândido usou suas redes sociais para reclamar da atuação do árbitro na partida.

“Poderíamos ter feitos muitos gols no primeiro tempo (incompetência nossa). Mas houve pênalti claro e não marcado estranhamente pelo árbitro gaúcho e chancelado pelo VAR. O Gaciba, chefe da arbitragem da CBF, não tem mais capacidade moral de continuar no comando da arbitragem da CBF”

Vários torcedores se manifestaram, contra e a favor a postura do dirigente, em um dos casos de críticas, ele teve a seguinte reação.

Por essas e outras que estamos sendo anos e anos, seguidamente, prejudicados pela arbitragem e alguns como você passando “pano”. Se você tivesse lido e refletido um pouquinho, teria minimamente compreendido que não livrei o time, o técnico, etc, de suas responsabilidades

O próprio Atlético-MG teve erro de arbitragem a seu favor, inclusive admitido pela CBF. Na partida contra o São Paulo, quando o jogo se encontrava 0 a 0, Luciano fez um gol legal para os paulistas, e ele foi mal anulado. Mas obviamente, desta parte, o dirigente atleticano se esqueceu.

Leia também: Domenec sinaliza para mudanças no time titular para quarta

Veja também: Flamengo se reapresenta no Ninho e inicia preparação para duelo contra o Junior Barranquilla