sábado, setembro 26, 2020
Início Notícias Após enxurrada de críticas, Daniele Hypólito volta ao Flamengo.

Após enxurrada de críticas, Daniele Hypólito volta ao Flamengo.

Foto: Divulgação

DANIELE HYPOLITO

SEJA BEM-VINDA DE VOLTA PARA SUA CASA
RUBRO-NEGRA
Prezado
associado e Nação Rubro-Negra,
Em 2012,
o grupo que ganhou as eleições tomou a atitude de recolocar o Flamengo no caminho
de clube-cidadão, tomando atitudes drásticas e assumindo todos os riscos
necessários para a reconstrução da trilha da solvência em um primeiro momento e
para caminharmos posteriormente à estabilidade financeira nos anos que se
seguiram.
No
Começo daquela gestão, a ginástica artística era uma modalidade integrante dos
esportes Olímpicos que apresentavam, em seu conjunto, um déficit anual de R$ 17
milhões. Além disso, em novembro de 2o12, havia acontecido o infortúnio do incêndio
que destruiu grande parte do Ginásio Cláudio Coutinho, agravando a situação.
Fomos
entao obrigados, por total falta de condições financeiras e respeitando a nova
política de responsabilidade do clube, a dispensar alguns atletas de ponta da
modalidade. Deixamos bem claro que a ideia era “dar um passo atrás para
dar dois para frente”, mas de uma forma sustentável. Na época, fomos muito
criticados por setores do clube e da imprensa, que acusavam a nova diretoria de
“querer acabar com os esportes olímpicos”. Era necessário, então, que
o “mundo desse as suas voltas”.
O que
significa a autossuficiência dos esportes olímpicos do Flamengo? Muitos acham
que estamos tratando apenas da visão única de igualar receitas e despesas em
termos de pagamento de salários e obrigações. Esse conceito é muito restrito,
perto do verdadeiro significado da autosustentabilidade. O atleta necessita,
para o desenvolvimento em alto nível de qualquer modalidade, de comissões
técnicas competentes, infraestrutura de ponta e a ciência do esporte disposição,
para fins de preparação (física e psicológica), prevenção e cura. O clube deve
prover essas condições e buscar permanentemente fontes para ampliar o orçamento
(que, no caso dos esportes olímpicos do Flamengo, dobrou em quatro anos da
atual gestão).
Estamos,
a passos largos, caminhando para permitir ao atleta olímpico rubro-negro essa
verdadeira autossuficiência. Na ginastica artística, conseguimos estar
independentes financeiramente de outras áreas do clube, através do acesso às
leis de incentivo (somente disponíveis aos clubes-cidadãos) e a patrocinadores
privados, após a restauração de nossa credibilidade.
O
Ginásio Cláudio Coutinho, hoje totalmente reconstruído, conta com aparelhagem
moderna e climatização, tornando-se um dos melhores do Brasil na modalidade.
Além da utilização do financiamento via Lei Pelé (somente disponível para
clubes-cidadãos), usamos recursos do Comitê Olímpico dos EUA com a
quadruplicação do valor original do contrato, após dura renegociação), além do
apoio inicial do Comitê Olímpico Brasileiro.
O
Projeto CUIDAR começou os seus trabalhos e muito em breve emprestará cem por
cento de sua capacidade para que os nossos atletas olímpicos contem com todas
as ciências do esporte a seu favor.
Apesar
das dificuldades, nunca paramos de formar atletas em casa e a nossa Rebeca
Andrade representa um ótimo exemplo. A volta de Jade Barbosa ao clube foi um
marco importante nessa caminhada. Recentemente, a chegada de Flávia Saraiva
demonstrou o quanto nossa estrutura tornou-se atrativa para atletas de alto
nível.
Com
enorme alegria e orgulho rubro-negro que enchem o nosso peito, anunciamos a
volta da nossa atleta laureada e grande campeã Daniele Hypolito ao C.R. do
Flamengo.
Daniele
possui 26 anos de carreira, sendo que em 2o deles defendeu nosso Manto Sagrado,
tendo trazido quatro títulos de campeã brasileira individual ao clube, fora as
inúmeras conquistas por aparelho. Dani Hypolito fez história por tomar-se a
primeira ginasta brasileira a conquistar uma medalha em campeonatos mundiais da
modalidade (prata na Bélgica em 2oo1). Aquela foi a primeira medalha de dezenas
que viriam depois em nível internacional. A atleta rubro-negra, após ter
disputado seis campeonatos mundiais, estará, no Rio, podendo chegar à
impressionante marca de cinco participações consecutivas em Jogos Olímpicos.
Seja
bem-vinda de volta, Daniele, para sua casa rubro-negra, de onde nunca deveria
ter saído, não fossem circunstâncias alheias à nossa vontade. O Flamengo sempre
terá as portas abertas para grandes rubro-negras, sobretudo laureadas.
Daniele
Hypolito se junta a um time já estrelado, para ser mais uma rubro-negra a
conquistar títulos. Além das atletas 
citadas, que formam a forte equipe rubro-negra, contamos ainda com
outras esportistas de alto gabarito, que formam a base da Seleçäo Brasileira
feminina, como Rebeca Andrade, Leticia Costa, Milena Theodoro, Julie Kim,
Thauany Lee, Maria Cecilia Oliveira e Isabelle Cruz.

O
Flamengo é maior que todos nós. O tempo foi o senhor da razão e mais uma vez
uniu os grandes rubro-negros. Conseguimos, com enormes sacrifícios, após dar um
passo atrás, dar dois à frente na ginástica artística. Com muita alegria, damos
hoje o terceiro passo, com a volta da Daniele.
Nesta
quarta, 1 de Junho, às 17h3o, na sede social da Gávea, todos estão convidados
para receber Daniele Hypolito, que será apresentada com toda a equipe de
ginástica artística do Flamengo e fará uma apresentação especial.
O
sonho está apenas começando. Dessa vez, em bases sólidas, estamos no caminho
sem volta de nos tornarmos a maior potência olímpica do Brasil.

Saudações
Rubro-Negras

MAIS LIDOS

Flamengo pode ganhar até 8 reforços contra o Del Valle

O foco do Flamengo no momento é na disputa do próximo jogo pelo Campeonato Brasileiro, onde o Rubro-negro irá medir forças diante do Palmeiras....

Fla hoje: Zagueiro se aproxima de deixar o Flamengo

É de conhecimento de todos a excelente categoria de base que o Fla hoje possui. Nos últimos anos, Vinicius Junior, Reinier e Paquetá foram...

Demissão de funcionário revolta torcida do Fla; veja os comentários

O torcedor flamenguista ver mais notícias sobre o extra campo do Fla do que dentro de campo. Na noite desta sexta-feira, foi notificado que...

Vice-Presidente do Fla crítica CBF por manter partida

O Flamengo tem 16 casos de covid confirmados dentro de seu plantel, fato que não parece significar muito para a CBF. Isso sem contar...