• Início
  • Notícias
  • Após insatisfação de sócios, diretoria do Goiás deve barrar crianças rubro-negras de entrarem em campo com jogadores
Publicidade

Após insatisfação de sócios, diretoria do Goiás deve barrar crianças rubro-negras de entrarem em campo com jogadores

Publicidade

O Flamengo se prepara para enfrentar o Goiás na noite desta quinta-feira (31), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo está marcado para ter início às 20h (horário de Brasília). O confronto acontece no Serra Dourada, que estará lotado. Todos os ingressos foram vendidos de forma antecipada, mas o Rubro-Negro foi surpreendido negativamente pelos dirigentes do Esmeraldino.

De acordo com Guilherme, do canal Flazoeiro, o presidente do Goiás, Marcelo Almeida, não deve liberar que crianças entrem com os jogadores do Flamengo antes da partida, para cantar os hinos – como já é tradicional no futebol brasileiro. Isso porque, sócios do clube alviverde protestaram contra a divisão da venda de ingressos do jogo, que foi 50% para cada torcida.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Em forma de tentar agradar aos seus sócios, o Goiás permitirá, pelo menos até o momento, que apenas crianças do time entrem com os seus jogadores. O marketing do Flamengo entrou em contato com o clube esmeraldino e ouviu que haveria uma reunião para definição do tema. Entretanto, faltando menos de 10h para a bola rolar, o Rubro-Negro ainda não foi informado sobre a decisão dos dirigentes goianos.

Vale ressaltar ainda que cerca de 20 mil ingressos foram vendidos para a torcida do Flamengo. Os dirigentes do Goiás elevaram o preço dos bilhetes para esta partida, buscando lucrar com o confronto. Quem quisesse assistir ao jogo, tivera que pagar R$ 150 (arquibancada) e R$ 200 (cadeira).

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod