terça-feira, setembro 29, 2020
Início Notícias Artesão faz craques e times históricos em barro.

Artesão faz craques e times históricos em barro.

Globo
Esporte – É em um quartinho simples, nos fundos da casa, onde o
“anônimo” artesão Azivan Galvão transforma o barro em verdadeiras
obras de arte. A rotina dele é a mesma todos os dias, há mais de 20 anos.
Acorda cedo, toma café da manhã e vai para o ateliê. Dá uma pausa para o almoço
e assiste ao Globo Esporte. Logo em seguida, volta para continuar a saga em seu
santuário, recriando novos personagens conhecidos do mundo da bola e só parando
para descansar por volta das 22h.

Parece
que a mão já conhece os movimentos a serem feitos e, com perfeição, supera as
limitações físicas. Com muita leveza, o pincel toca o boneco e dá vida aos
jogadores de futebol. O rústico barro se transforma em réplicas de Neymar,
Messi, Pelé e até de times históricos, como o Corinthians campeão Mundial de
2000 e a Seleção Brasileira, que encantou o mundo ao conquistar a Copa do Mundo
de 2002.
Drama e superação
Diferente
da maioria dos artesãos caruaruenses, Azivan não veio do berço do Alto do
Moura, conhecido mundialmente pelas obras de mestre Vitalino. Ele mora no
loteamento Serranópolis, distante do centro da cidade e da famosa feira de
artesanato.
O
artista de 45 anos, que é natural de Pesqueira, interior de Pernambuco, perdeu
a audição e fala quando tinha apenas três anos de idade, após cair de uma
cadeira. Só voltou a falar e a ouvir, com dificuldade, com aproximadamente 11
anos. Joseni Galvão, uma de suas irmãs mais velhas, acompanhou o seu
crescimento e conta como o talento começou a aparecer.
– Ele
começou brincando com barro quando morávamos na zona rural, mas não sabia de
nada, nem queimá-lo. Só colocava no sol e pronto. Com o tempo foi criando e
aperfeiçoando. Aprendeu sozinho, nunca teve ajuda de ninguém. Hoje, a gente
quer ajudar, mas não tem como. Só ele sabe fazer. É dom de Deus mesmo.
A
maioria das atividades diárias dele são feitas com a ajuda da mãe e da irmã,
com quem o artesão mora, exceto criar e pintar os bonecos. Dona Maria do Carmo,
mãe de Azivan, afirma sentir muito orgulho do filho especial.
– Eu não
tenho palavras para descrever. Foi a boa sorte que Deus me deu na vida. Além
dos meus filhos terem sua profissão, a dele é muito difícil e quase ninguém tem
esse dom. Se existe uma coisa que eu tenho é orgulho do meu filho e da sua
profissão.
Craques e times históricos
Centenas
de jogadores criados por ele são encontrados expostos na oficina. Através de um
olhar atento em fotos de revistas antigas e atuais, o artesão traz à tona a
história de atletas que marcaram época com grandes conquistas. Quem não lembra
do rei Pelé, que encantou o mundo entre o fim dos anos 50 e o início de 70? Do
baixinho Romário, com a camisa do Vasco após marcar o milésimo gol? Do lendário
Ronaldo, que foi um “fenômeno” por cerca de duas décadas? Ou do
“Mito” Rogério Ceni, maior goleiro artilheiro da história do futebol?
Também tem lugar para astros como o argentino Lionel Messi, quatro vezes eleito
o melhor jogador do Mundo, ou ousado Neymar, ídolo do futebol nacional.
As
escalações responsáveis por grandes conquistas também são lembradas por Azivan:
o Corinthians de 2000, o São Paulo de 2005 e o Grêmio de 1983, campeões
mundiais, o Palmeiras, campeão paulista de 1996 e a Seleção Brasileira
pentacampeã Mundial em 2002.
Também
são homenageados jogadores que passaram com destaque pelo futebol brasileiro,
como Marcos e Fernando Prass, pelo Palmeiras, Juninho Pernambucano pelo Vasco,
Ronaldinho Gaúcho no Atlético-MG e no Flamengo, Alexandre Pato no São Paulo,
Fred no Fluminense, Léo Moura, Vagner Love e Felipe no Flamengo, Cássio, Elias
e Alessandro no Corinthians, Barcos com a camisa do Grêmio, Rafael Moura no
Internacional e Magrão no Sport, entre outros atletas.
Perguntamos
a ele qual o time do coração. Com dificuldade, mas com o sorriso no rosto
respondeu rápido.

Central e Corinthians são meus times.

MAIS LIDOS

Vitinho e Marcos Braz testam negativo para Covid-19

Nesta terça-feira (29), o atacante Vitinho testou negativo para o Covid-19. O resultado já foi enviado à Conmebol e o jogador pode ficar à...

Flamengo é a aposta do SBT para bater recorde de audiência

Após a rescisão de contrato da Rede Globo com a Conmebol, o SBT é a opção para transmissão de jogos em tv aberta. Nesta...

De volta? Diego Alves treina com bola no Ninho do Urubu

Diego Alves sofreu lesão no ombro na partida contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro - onde a equipe acabou com um empate em 1...

Zico faz duras críticas a CBF por realização de Palmeiras x Flamengo

Em seu canal do YouTube, Zico, considerado o maior jogador da história do Flamengo, deu seu ponto de vista sobre tudo que envolveu os...