Atirei o pau no gato de Schrödinger.

Por: Fla hoje

Foto: Divulgação

REPÚBLICA PAZ E AMOR: Temos que ter muito cuidado com as análises baseadas nas primeiras
rodadas do campeonato carioca. Nessa época do ano a mulambada, sempre
participativa, empolgada e quebradora de recordes de comparecimento, geralmente
está em crise de abstinência, sofrendo com a ausência de Flamengo desde
dezembro e sujeita a encarar qualquer sinal de excelência ou aviltamento de
nossa excelente rapaziada em campo como se definitivas fossem. Trata-se,
evidentemente, de um exagero tipicamente rubro-negro.

Após
acompanhar mais de 40 carioquetas não caio mais nessa extrapolação grosseira.
Aprendi a ver as primeiras rodadas do nosso rural como se o Flamengo fosse o
famoso gato de Schrödinger, que como você deve saber, além de falsificar sua
certidão de nascimento se enfiou dentro de uma caixa sem transparências, junto
a um frasco de veneno e um contador Geiger ligados por relés a um martelo.
Se o
contador Geiger fosse ligado ia liberar uma partícula que acionaria o relé e o
martelo quebraria o frasco de veneno e o gato iria pro céu dos bichanos. Mas se
o contador não fosse ligado o martelo ficaria na dele, não quebrava nada e o
gato permaneceria vivo. Como não se pode abrir a caixa pra saber o que tá
rolando lá dentro temos um gato vivo e morto ao mesmo tempo. Uau! Era esse tipo
especial de gato que Heisenberg, o verdadeiro, não o Professor Walter White,
chamava de superposição quântica em seu badalado Princípio da Incerteza. O
estado de superposição quântica acontece quando desconhecemos o estado de um
corpo. Se não pudermos identificá-lo, podemos afirmar que este corpo está em
todos os estados.
Apesar
dos 6 pontos conquistados e da relativa facilidade que o Flamengo encontrou pra
superar Boa Vista e Macaé nas duas primeiras rodadas, no meu ignorante entender
o que temos dentro da caixa ainda é aquele gato vivo e morto ao mesmo tempo.
Primeiro porque nossos adversários no carioqueta não possuem as qualidades
necessárias para serem considerados testes efetivos, em segundo a vasca,
sempre. E pra completar, não temos qualquer indicativo de que time que está
indo em campo em janeiro será o mesmo que jogará em março, abril ou dezembro.
O
Flamengo contratou à vera, como dizem os economistas old school, a Nação está
sofrendo as consequências de um choque de oferta. E com tanto jogador
presumidamente bom no elenco seria até uma desinteligência do nosso treinador
não testar todas as formações possíveis e imagináveis. Não apenas nos treinos e
rachões que rolam em nosso estupidificante CT, mas principalmente nas peladas de
importância para lá de relativa que congestionam a tabela do pobre carioquinha.
Porque
treino é treino e jogo é jogo e não dá pra avaliar a têmpera e o caráter de
ninguém apenas observando os clássicos Camisa x Sem Camisa e Casados x
Solteiros que rolam diariamente no Ninho do Urubu. Tem que botar os caras tudo
pra jogar, inclusivemente aqueles que a torcida (quase sempre péssima
escalando) já condenou ao banco eterno. Tenham fé, Márcio Araújo e Ederson,
pois nunca se viu um justo desamparado ser.
Toda
essa prosopopeia quântica não impede, contudo, que o torcedor rubro-negro fique
empolgadinho e até aposte umas brahmas no êxito do Mengão. No papel temos time
pra ganhar esse carioca com 6 rodadas de antecedência e um pé nas costas, mas
como o papel não entra em campo tudo indica que teremos que esperar até a
última rodada pra comemorar o nosso 34º Campeonato Carioca. O que não deixa de
ser uma tremenda perda de tempo. Mas como pré-temporada até que está legal. Em
2017 o que realmente importa pro Flamengo é Libertadores e Mundial, todo o
resto, até o Brasileiro, é de somenos importância.
A
torcida tem sede de títulos, uma sede justa, provocada pelos quase 4 anos na
seca. Mas sedenta ou não, a mulambada não vai se contentar com carioquetas e
Primeiras Ligas. Se o ano mágico realmente chegou, nossas metas têm que ser bem
maiores que isso. Ao trabalho, mulambada!
Mengão
Sempre
ARTHUR
MUHLENBERG

MAIS LIDOS

Galhardo responde Gabigol após provocação

O Flamengo ganhou o titulo do Campeonato Brasileiro na última quinta-feira, em jogo válido pela ultima rodada do Campeoato Brasileiro. O Rubro-negro ganhou o...

Tudo normal: Diego Alves tira onda após mais um titulo do Mengão

O Flamengo foi campeão após uma temporada muito irregular. O Internacional chegou a ficar disparado na ponta da tabela do Brasileirão, entretanto, o Rubro-negro...

Denílson não deixou barato. Ele colocou uma máscara do Gabigol e aloprou a Renata Fan

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em jogo válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro...

”Cabo, Flamengo é campeão”: Reação desesperada do torcida do Inter com titulo do Mengão

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em último jogo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca não jogou nada bem...