ads
#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça
Advertisements

Atlético-MG impôs cláusula que impede rivais de contratar Junior Alonso após negocia-lo com o Krasnodar; Flamengo é um deles

O Atlético-MG, campeão de três torneios em 2021: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Estadual, vem perdendo algumas de suas principais peças para a temporada de 2022. Depois da saída de técnico Cuca, que resolveu deixar o clube, o Galo acabou negociando o defensor Junior Alonso com o Krasnodar, da Rússia. No entanto, o que mais chama a atenção é a inusitada cláusula exigida pela equipe mineira em relação ao jogador.

De acordo com apuração do Torcedores.com, a diretoria atleticana resolveu impor uma cláusula denominada ‘anti-rivais’ no contrato de Junior Alonso com a equipe russa. Ainda de acordo com a publicação, o próprio jogador não teria demonstrado desconforto com a ideia do Galo.

De acordo com o portal, para adquiri-lo, o interessado terá de pagar 1 milhão de euros (R$ 6,4 milhões, pela cotação atual) ao Galo. Vale lembrar que o valor não contempla uma eventual compra dos direitos econômicos de Junior Alonso junto ao clube russo.

Contudo, Além do Flamengo, estariam na lista de ‘impedidos’ de negociar o jogador, o Palmeiras e o Corinthians. Segundo a apuração do Torcedores.com, o argumento por parte do Galo para a medida seria por conta do grande poder de investimento, principalmente do Verdão e do Rubro-negro, além do poder de persuasão dos rivais citados.

Dito isso, de acordo com o próprio Junior Alonso, a ideia é que o jogador retorne ao Atlético-MG ao fim do seu contrato com o Krasnodar.

Reposição para Junior Alonso

Além de um treinador, busca iniciada após Cuca deixar o comando do Galo, o time mineiro precisa agora mirar um zagueiro para o lugar de Junior Alonso, que foi destaque na temporada 2021. A ideia do Atlético é monitorar defensores que estejam livres no mercado ou que não trarão custos exagerados aos cofres alvinegros. Deste modo, os nomes de Diego Godín, que negocia deixar o Cagliari, da Itália, e o Brasileiro Felipe, que tem contrato com o Atlético de Madrid até o meio do ano, estão sendo observados.

  • Publicado por: Romário Carvalho
  • | Postado em 06/01/2022
  • | Ultima atualização em 06/01/2022

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod
Aceita Notícias do Flamengo grátis?    SIM NÃO