Bandeira diz que entregou o Flamengo com dívida de R$ 340 milhões

Presidente do Flamengo durante seis temporadas, de 2013 a 2018, Eduardo Bandeira de Mello mudou o clube de patamar com seus pares. Depois de encontrar cofres combalidos, a gestão do antigo presidente iniciou um processo de restruturação financeira que deu resultados positivos.

Eduardo Bandeira de Mello vive os últimos momentos no comando do Flamengo

De 2015 para cá, o Rubro-Negro se reforça com jogadores badalados. Guerrero, Diego, Éverton Ribeiro, Diego Alves e Vitinho foram apresentados com status de estrelas. Nesta temporada, Rodrigo Caio, Gabigol e Arrascaeta chegaram com a mesma badalação dos citados anteriormente. E tudo isso aconteceu por conta da redução da dívida comandada por Bandeira. Durante o Aqui com Benja, ele revelou quando o clube deve atualmente:

“Em 2012, o Flamengo tinha uma dívida de R$ 750 milhões. Agora é de R$ 330, R$ 340 milhões”, afirmou o antigo presidente, que elogiou o trio contratado pela gestão de Rodolfo Landim:

“São jogadores indicados pelo nosso centro de inteligência”, finalizou.

O Flamengo estreia no Campeonato Carioca neste domingo, contra o Bangu, no Maracanã. Dos três reforços anunciados até o momento, apenas Rodrigo Caio está com o grupo. Gabigol e Arrascaeta vão ao estádio e serão apresentados à torcida.

Por: Coluna do Flamengo

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.