• Início
  • Notícias
  • Braz acredita em permanência de Jorge Jesus no Flamengo: “A expectativa é boa”
Publicidade

Braz acredita em permanência de Jorge Jesus no Flamengo: “A expectativa é boa”

Publicidade

O torcedor flamenguista vive um final de temporada recheado de expectativas. Após celebrar a tríplice coroa (Estadual, Brasileirão e Libertadores), o clube se divide entre a preparação para o Mundial de Clubes, com a estreia marcada para o próximo dia 17, e o planejamento para a próxima temporada. A torcida, é claro, torce pelo ”fico” de dois nomes em especial: Jorge Jesus e Gabriel Barbosa. De acordo com Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, a ânsia pela permanência do português é positiva.

– A expectativa (de permanência) é boa. Quero que o Jorge Jesus permaneça. Vou conversar na hora certa com ele, vou torcer para dar tudo certo. A expectativa é para cima. O Jorge é coerente. Jorge não veio ao Brasil por dinheiro, mas ele veio ao Flamengo por um projeto esportivo. Sempre falou isso. Sempre foi coerente em relação a isso. É o que vamos apresentar -, esclareceu.

Jorge Jesus mudou o Flamengo da água para o vinho. Antes criticado pela ausência de conquistas importantes, apesar do investimento, e, hoje, campeão antecipado do Campeonato Brasileiro – com o recorde de invencibilidade e pontuação na era dos pontos corridos – e bicampeão da Libertadores da América. Em papo exclusivo com o portal ‘O Globo’, Marcos Braz negou que os títulos desmotivem o treinador português para a possível continuidade no clube.

– Se for assim todo mundo tem que sair. A gente quer chegar e fazer esses resultados de novo. Vejo todo mundo motivado para isso. Vamos mostrar isso tudo para o Jorge. Todos motivados e acreditando nele. Importante pontuar isso. Acreditamos antes dessas conquistas. Por que não continuar acreditando? Quero que ele fique. Será possível? Não sei. Que seja eterno enquanto dure -, ponderou.

O último compromisso de Jorge Jesus pelo Campeonato Brasileiro 2019 será neste domingo (08), contra o Santos, na Vila Belmiro. Vale destacar que sua estreia ocorreu no dia 14 de julho na goleada contra o Goiás – de lá para cá, somou 73 pontos neste torneio tendo chances de se tornar campeão mesmo sem os 17 somados pelos antecessores Abel Braga e Marcelo Salles.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod