Caetano aponta favorecimento ao Flamengo contra o Emelec e cutuca: “Só espero que o Inter não seja prejudicado”

A próxima fase da Libertadores será de reencontros para Flamengo e Internacional. De um lado, Paolo Guerrero e Rodrigo Caetano são nomes que passaram recentemente pelo Rubro-Negro e hoje estão em Porto Alegre. Após a definição do confronto, o executivo de futebol colorado comentou sobre a expectativa de enfrentar a equipe carioca em uma competição mata-mata e fez um apelo.

– Espero que tudo se decida dentro de campo, sem polêmica. Hoje ficou novamente claro como o Flamengo abriu sua vantagem, certamente tem equipe suficiente para ter vencido o Emelec. Só espero que o Inter não seja prejudicado. Vamos nos preparar bem, só não gostaria de nenhum tipo de polêmica -, disse em entrevista à Rádio Gaúcha.

O dirigente comentou, ainda, sobre a importância de ter feito a melhor campanha durante a fase de grupos da Libertadores – dando, assim, a vantagem de decidir sua vaga no Beira-Rio.

– Nossa equipe é bastante forte nos nossos domínios, nosso torcedor criou essa aliança. Jogar a segunda (partida) em casa, na minha visão, é uma vantagem que não podemos desprezar-, destacou.

Rodrigo Caetano deu seus primeiros passos como dirigente no Grêmio, maior rival de seu atual clube. Colecionou passagens por Vasco da Gama e Fluminense antes de chegar ao Flamengo, em 2014. Assinou com o Internacional em 2018 e segue vivo na Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores da América.

Por: Coluna do Fla

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.