terça-feira, setembro 29, 2020
Início Notícias Caetano destaca subida do Flamengo com Cristóvão.

Caetano destaca subida do Flamengo com Cristóvão.

Globo
Esporte – Cristóvão Borges respirou na Gávea após duas vitórias consecutivas no
Campeonato Brasileiro, diante de Grêmio e Goiás. O Flamengo se afastou bem da
zona da degola (confira a tabela), e o treinador atingiu 50% de aproveitamento
na competição (seis triunfos e mesmo número de derrotas). O diretor executivo
Rodrigo Caetano não considera a marca do treinador um número condizente com a
tradição do clube, mas a trata como ideal para a virada do turno. É bom
destacar que o Rubro-Negro, cujos três primeiros jogos no nacional foram
disputados sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, tem 42,2% de aproveitamento.
– O
Cristóvão atinge um aproveitamento que é bom, mas que para Flamengo não é o
ideal. A gente espera que daqui para frente o time consiga recuperar esse
déficit de pontos que tivemos no início, aí no segundo turno quem sabe a gente
possa olhar para cima. Temos que fechar o turno com aproveitamento próximo dos
50%, número que geralmente te deixa entre oitavo e nono colocado (a
Chapecoense, no nono lugar, tem 48,9%; e o Atlético-PR, oitavo, soma 55,6%).
Isso nos daria chance de mirar uma posição melhor mais para a frente –
projetou.
Caetano
encara um eventual sucesso nos quatro jogos restantes do turno (contra Santos,
Ponte Preta, Atlético-PR e Palmeiras) como a possibilidade se mudar o foco
rubro-negro na tabela. Se o Flamengo fizer nove pontos, por exemplo, entra no
returno com aproveitamento de 49%.
– Aí,
como sempre pensa o torcedor do Flamengo, é possível imaginar uma arrancada,
com eles ao lado e os estádios lotados. Porém, ainda estamos em recuperação.
Momento de recuperação é o seguinte: você tentar ganhar o que perdeu. Tem que
recuperar primeiro para pensar em arrancada – teorizou.
No
tocante à recuperação de Cristóvão, Caetano, que já havia o comandado no Vasco,
mostrou-se feliz com o alívio conquistado após três resultados positivos (além
das vitórias no Brasileiro, passou pelo Náutico na Copa do Brasil).
– Ele
trabalhou comigo no Vasco em 2011 e esse jeito dele de ser um sujeito pacato,
tranquilo, absolutamente não faz dele um bobo. Tem método de trabalho, se impõe
quando necessário. Foi um grande jogador, cara que jogou na seleção brasileira.
Fez grande trabalho no Vasco, levando o time ao vice-campeonato brasileiro,
participou com o Ricardo (Gomes) no título da Copa do Brasil. No ano passado,
fez um grande trabalho no Flu. Substituir o Vanderlei Luxemburgo, um dos
melhores, não é fácil para ninguém. Chegou ao Flamengo com certa desconfiança,
mas do jeito dele conquistou o grupo. Trabalho de técnico é sempre medido por
resultados, não tem jeito. Espero que o Cristóvão agora continue nessa boa
sequência para seguir com tranquilidade.

MAIS LIDOS

Vitinho e Marcos Braz testam negativo para Covid-19

Nesta terça-feira (29), o atacante Vitinho testou negativo para o Covid-19. O resultado já foi enviado à Conmebol e o jogador pode ficar à...

Flamengo é a aposta do SBT para bater recorde de audiência

Após a rescisão de contrato da Rede Globo com a Conmebol, o SBT é a opção para transmissão de jogos em tv aberta. Nesta...

De volta? Diego Alves treina com bola no Ninho do Urubu

Diego Alves sofreu lesão no ombro na partida contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro - onde a equipe acabou com um empate em 1...

Zico faz duras críticas a CBF por realização de Palmeiras x Flamengo

Em seu canal do YouTube, Zico, considerado o maior jogador da história do Flamengo, deu seu ponto de vista sobre tudo que envolveu os...