No penúltimo jogo da temporada, quando o Flamengo mediu forças com o Bahia, um caso de racismo revoltou a todos. Gerson acusou Ramírez, do Bahia, de racismo. A situação acabou gerando muitos comentários de torcedores de outros times sugerindo que Ramírez não falou o que Gerson ouviu.

Vitor Santos, do canal Metaforando, analisou a entrevista de Gerson e entendeu que Gerson estava sim falando a verdade: ”Ele é bem objetivo na linha narrativa. Normalmente numa linha narrativa forjada a tendência é ficar colocando muitos detalhes, ser menos direto. Aqui o Gerson tem pressa, ele fala bem rápido o que aconteceu”, disse. Veja abaixo o vídeo completo.

JORGE JESUS FALA DO FLA

Jorge Jesus deixou o Flamengo no meio da última temporada logo após ser campeão carioca. Com a sua saída, a cada jogo ruim do Flamengo a torcida relembra do maior jogador da história do clube.

Em Portugal, é frequente as falas de Jorge Jesus relembrando a sua passagem pelo Flamengo A mais recente, ele rasgou elogios a torcida do Flamengo, negando que esteja apático no comando do Benfica.

Tenho 30 anos de treinador, estive em um país em que fui aplaudido de pé em todos os jogos e eram 70 mil torcedores. Os resultados influenciam se é ou não aplaudido”, disse Jorge Jesus. 

Jorge ainda explicou que não é o mesmo treinador de 10 anos atrás. ”Continuo a ter a mesma paixão, mas não sou o mesmo treinador que cheguei ao Benfica há 10 anos, erro meu se não tivesse evoluído. Agora, tenho a mesma paixão no sentido do jogo, mas claro que modifiquei. “O futebol mudou, não há aquela força torcedores. Eles têm grande influência, principalmente os do Benfica, porque ajudam a equipe a ganhar e obrigam, entre aspas, a ser intensos. Esperamos que voltem o mais rapidamente possível porque nos fazem muita falta”, disse.