domingo, setembro 27, 2020
Início Notícias Clássicos Eternos: Flamengo vs Santos.

Clássicos Eternos: Flamengo vs Santos.

Vai
Que Tô Vendo – Neste domingo Flamengo e Santos se enfrentam no Maracanã pelo
Campeonato Brasileiro, e o “Vai Que Tô Te Vendo” reúne agora as equipes dos
dois times para um aperitivo sobre um dos confrontos mais importantes do
futebol nacional.
A
história fala por si só, desde a unificação do Campeonato Brasileiro, são 14
títulos nacionais em campo, 8 títulos conquistados pelo alvinegro e seis
conquistas do rubro-negro, sem contar as quatro copas do Brasil, sendo três
para o time da Gávea e uma para o Alvinegro Praiano. Pelo brasileirão são ao
todo 64 partidas e um equilíbrio incontestável, somando 23 vitórias para o
Flamengo, 22 para o Santos e 19 empates. A torcida santista comemorou 73 gols,
e a nação rubro-negra 65. Em jogos válidos em suas respectivas casas, o
Flamengo soma no Maracanã 14 vitórias, 9 derrotas e 8 empates, já o Santos na
Vila Belmiro venceu 8 vezes, perdeu apenas 2 e empatou em 4 oportunidades.
Algumas
partidas em especial marcaram a história do confronto, seja para uma das torcidas,
para as duas, ou ainda, para as páginas mais épicas da história do futebol
brasileiro. E você acompanha agora:
NA MEMÓRIA
FLAMENGO 3×0 SANTOS – Maracanã, 29 de Maio
de 1983
O
Flamengo goleou o Santos por 3×0 no Maracanã e foi campeão brasileiro. Era o
tri campeonato do rubro-negro. Gols de Zico, Adílio e Leandro. Foi uma
conquista irretocável. O Fla eliminou o Vasco nas quartas e o Atlético
Paranaense nas semifinais. O Santos era seu adversário na final. No primeiro
jogo, no Morumbi, a equipe paulista levou a melhor e venceu por 2×1. A segunda
partida, a grande final, no Maracanã, é inesquecível para os rubro-negros. Um
público jamais visto, e que jamais será igualado: 155.523 pessoas viram aquele
time espetacular levantar mais uma taça. Zico fez o primeiro logo no início da
partida, Leandro o segundo e Adílio fechou a conta. Flamengo 3×0 e mais uma
festa, de inúmeras naquela década, no Maracanã. Este jogo com certeza foi o
confronto mais importante da história dos clubes. O recorde de público não foi
o único fator histórico da partida, o placar também ficará marcado. O 3×0 foi o
maior placar em decisões de Campeonatos Brasileiros de todos os tempos, já que
a partir de 2003 a competição mudaria sua forma para pontos corridos, deixando
de ter decisões. A final de 1983 também marcou a despedida do maior ídolo da
história do Flamengo, Zico, que se transferia para a Udinese-ITA. Em sua
despedida, Zico foi decisivo, como sempre. O Galinho fez o primeiro gol e deu o
passe para o segundo. Com uma falta magistral, Zico colocou a bola na cabeça de
Leandro, que fez o segundo. Foi o terceiro título de campeão brasileiro do
Flamengo.
SANTOS 0x0 FLAMENGO – Mané Garrincha, 26
de Maio de 2013
Certamente
em termos de futebol esse não foi um dos jogos mais memoráveis entre as duas
equipes, mas um feito em especial ficará eternizado na memória dos torcedores
santistas: a despedida de Neymar. O terceiro raio da Vila Belmiro surgiu para o
mundo do futebol profissional em 2009 e toda a espera para ver a nova promessa
em campo valeu a pena. Em 2010, Neymar começou a mostrar ao mundo o seu dom, e
logo com a companhia de grandes jogadores elevou o futebol do Santos a um
patamar há muito não visto no Brasil. Foram goleadas históricas e muitos
títulos conquistados pela “Era Neymar”: Campeonato Paulista (2010/2011/2012);
Copa do Brasil (2010); Libertadores (2011) e Recopa (2012). Foi graças às belas
atuações de Neymar que o Santos voltou ao topo da América após 48 anos. Entre
dribles, chapéus, moicanos e danças, também encontramos a saudade. Este jogo
contra o Flamengo é a nossa última lembrança do camisa 11 com as cores do
alvinegro.
QUEBRANDO TABUS
SANTOS 1×2 FLAMENGO – Vila Belmiro, 26 de
Julho de 2009
O
Flamengo enfim venceu na Vila Belmiro. Foi a primeira vez na história do Campeonato
Brasileiro. Um tabu histórico quebrado. A partida envolveu grandes emoções do
lado rubro-negro. Na véspera, o goleiro Zé Carlos, campeão brasileiro pelo Fla
em 1987, faleceu. Era a estreia de Andrade no comando técnico da equipe, que
seria campeã brasileira daquele ano. O treinador dedicou ainda em campo e muito
emocionado, a primeira vitória do clube em partidas oficiais na Vila Belmiro ao
falecido amigo. A partida terminou 2×1 para o Flamengo com gols de Adriano
Imperador, em uma bomba de fora da área, e Pará, contra. Robinho, hoje no
Palmeiras, descontou para o Peixe. Esta partida foi a de número 1000 do
Flamengo em Campeonatos Brasileiros. Jejum quebrado, jogo sofrido, partida de
número histórico e envolvendo muitas emoções, Flamengo x Santos de 2009 na Vila
Belmiro ficará marcado na memória dos rubro-negros.
FLAMENGO 0x1 SANTOS – Maracanã, 4 de
Outubro de 2014
O
Santos voltou a vencer o Flamengo no Maracanã após 11 anos. A última vitória da
equipe santista diante do Rubro-negro aconteceu no Campeonato Brasileiro de
2003, mais precisamente no dia 19 de abril. 50 mil espectadores, mas não apenas
santistas ou flamenguistas, compareceram ao Maracanã para apreciar a magia dos
Meninos da Vila. Dribles desconcertantes marcaram a partida para delírio dos
amantes do futebol arte, que viram sair dos pés de Diego um belo passe para Léo
abrir o placar, e mais tarde Elano ampliar. Onze anos depois, muitas coisas
mudaram no lendário Estádio Jornalista Mário Filho, agora, “O Novo Maracanã”,
reformado, modernizado, mas uma coisa não mudou daquela tarde de 2003, um dos
protagonistas estava novamente no estádio para brilhar: Robinho. O “Rei das
Pedaladas” marcou o único gol do jogo, e colocou fim ao tabu de 11 anos sem
vencer o Flamengo no Maracanã. A partida também marca a primeira vitória do
Santos em cima do time carioca no novo estádio.
HISTÓRICO
Ao
falar de confrontos entre Santos e Flamengo, é claro que não pode faltar um dos
jogos mais épicos, não apenas deste confronto, mas sim da história do futebol
brasileiro: SANTOS 4×5 FLAMENGO – VILA BELMIRO, 27 de Julho de 2011.
Noite
fria na cidade de Santos, Vila Belmiro lotada e uma partida de encher os olhos
dos amantes do futebol.
Um
primeiro tempo emocionante, capaz de tirar o fôlego de qualquer torcedor. Logo
aos 4 minutos, Elano lançou para Borges abrir o placar na Vila Belmiro (1×0).
Aos 15, Neymar parou em Felipe, mas no rebote conseguiu se recuperar e
encontrou Borges sozinho para fazer o segundo (2×0). Em noite histórica é claro
que não poderia faltar o dele, aos 25, Neymar, em bela jogada individual,
marcou o terceiro da partida (3×0). Gol esse que renderia mais tarde ao craque
o Prêmio Puskás 2011. Aos 28 minutos começou a reação rubro-negra, em
cruzamento de Luiz Antônio e falha da defesa santista, Ronaldinho Gaúcho
diminuiu (3×1). Aos 31, Léo Moura cruzou e Thiago Neves subiu sozinho para
marcar o segundo do Flamengo (3×2). Aos 40, pênalti de Willians em Neymar,
Elano foi para a bola e apenas recuou para o goleiro Felipe, que ainda tirou
onda ao fazer embaixadinha. Em cobrança de escanteio de Ronaldinho, Deivid
apenas desviou para deixar tudo igual ainda na primeira etapa (3×3).
Engano
dos que pensaram que a partida poderia esfriar no segundo tempo. Aos 5 minutos,
Neymar voltou a colocar o Santos à frente após um belo gol (4×3). Aos 22
minutos do segundo tempo, Ronaldinho Gaúcho vai para a cobrança de falta mais
genial que vimos no futebol brasileiro nos últimos tempos. O camisa 10 bateu
rasteiro, a barreira santista pulou e o goleiro Rafael nem viu a cor da bola
(4×4). Aos 36, Ronaldinho Gaúcho marcou o seu terceiro gol na partida, para
virar o placar e garantir a vitória ao rubro-negro (5×4).
A
partida que ficará para sempre na memória dos amantes do futebol. Que ficará
eternizada na história do Campeonato Brasileiro. Um verdadeiro show de futebol!
Um jogo que quem viu terá o prazer em contar essa história para os seus filhos,
netos, bisnetos… e essa santista que vos escreve tem o orgulho em dizer que
foi testemunha desta partida definitivamente histórica.

MAIS LIDOS

Dome se diz “extremamente orgulhoso” da atuação do Fla após empate

Ausente no empate em 1 a 1 diante do Palmeiras, na tarde deste domingo (27), Domènec Torrent, afastado por estar infectado pelo novo coronavírus,...

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...

Jordi Guerrero rasga elogios a Base do Fla: “Estavam preparados para jogar”

Jordi Guerrero, substituto de Domènec Torrent na tarde deste domingo diante do Palmeiras, onde a equipe saiu de campo com um empate em 1...

Lincoln cutuca o Palmeiras após grande atuação

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, em jogo contra o Palmeiras. O confronto pelo Campeonato Brasileiro por pouco não saiu do...