sexta-feira, setembro 18, 2020
Início Notícias Com pênalti não marcado, Flamengo fica só no empate com o Santos.

Com pênalti não marcado, Flamengo fica só no empate com o Santos.

Pênalti não marcado para o Flamengo contra o Santos – Foto: Reprodução
ESPN: O
Santos até chegou a assustar em alguns lances, mas foi pressionado pelo
Flamengo na maior parte do tempo durante o jogo desta quarta-feira, na Arena
Pantanal, em Cuiabá. O time comandado por Dorival Júnior, no entanto, resistiu
e ficou no empate em 0 a 0. Como prêmio, chegou à liderança do Campeonato
Brasileiro. Algo que não acontecia havia dez anos.
O
resultado deixa o Santos com 33 pontos. A pontuação é a mesma que a do
Corinthians, que foi derrotado pelo Atlético-PR em Curitiba. Mas a
superioridade no saldo de gols fez a equipe desbancar o rival na ponta do
campeonato. Ambos, no entanto, ainda podem ser superados por Palmeiras e
Grêmio, que vão jogar na quinta por essa 18ª rodada.
O
Flamengo, por sua vez, tem agora 31 pontos e aparece na quinta colocação. Pode
cair para o sexto lugar em caso de vitória do Atlético-MG sobre o São Paulo na quinta.
Os
dois times jogarão novamente pelo Brasileiro no fim de semana. O Flamengo volta
a campo no sábado, quando enfrentará o Atlético-PR em Cariacica, no Espírito
Santo. Já o Santos visitará o Atlético-MG no domingo.
SUBSTITUIÇÃO NO COMEÇO
Uma
lesão forçou o técnico Zé Ricardo a mexer no Flamengo logo no início da
partida. Aos 22 minutos, Marcelo Cirino levou a mão à coxa esquerda e caiu em
campo. O escolhido para entrar no lugar dele foi Fernandinho, que participou
bastante das jogadas pelas laterais do time carioca que tanto incomodaram a
defesa santista.
FLAMENGO JOGA MELHOR O PRIMEIRO TEMPO, MAS
SANTOS ASSUSTA
O
Flamengo não teve o domínio da posse de bola porque o Santos também trocou
bastante passes de pé em pé nas horas em que saía jogando. Só que essas
movimentações do time de Dorival Júnior não se mostravam tão envolventes assim
na maioria das vezes, até porque a marcação adiantada do adversário dificultava
as coisas.
Nos
momentos em que teve a bola nos pés, o Flamengo se mostrou mais envolvente no
ataque e finalizou mais vezes, chegando com perigo principalmente em jogadas
pelas laterais. Nos minutos finais da primeira metade, essa pressão se
intensificou, mas as conclusões deixaram a desejar.
Apesar
de ter visto o adversário jogar melhor ao longo da primeira metade, o Santos
acabou tendo as chances mais claras de gol. Uma foi com Vitor Bueno, que
apareceu na entrada da área pela direita aos 34 minutos para finalizar. Ele
conseguiu tirar de Muralha na hora da conclusão, mas viu o chute acertar a
trave.
Dez
minutos mais tarde, Copete percebeu que o goleiro flamenguista estava adiantado
e bateu do meio de campo. A bola passou por cima, mas perto do gol.
JOGO MUDA POUCO APÓS O INTERVALO
As
coisas se mantiveram mais ou menos iguais ao longo do segundo tempo. O Santos
até ameaçou aos 15 minutos, com uma finalização de Rodrigão que parou em uma
defesa de Muralha. Mas o Flamengo continuou melhor em campo e teve boas chances
de abrir o placar, mas parou em Vanderlei.
O
goleiro santista trabalhou muito bem em duas finalizações de Éverton que
levaram perigo. A grande chance do Flamengo, porém, veio aos 43 minutos, quando
Mancuello ganhou uma dividida com Renato e arriscou de fora da área. Vanderlei
não alcançou, mas a bola acertou o travessão.
Aos
46, Mancuello apareceu de novo para assustar. Ele foi acionado por Adryan
dentro da área e chutou em cima de Vanderlei. Houve tempo ainda de o Flamengo
reclamar de pênalti em um lance no qual a bola tocou no braço de Caju depois de
um cabeceio de Fernandinho. Mas o árbitro nada marcou.



FICHA
TÉCNICA
SANTOS 0 x 0 FLAMENGO
SANTOS – Vanderlei; Victor
Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini, Vitor
Bueno, Jean Mota (Joel) e Copete; Rodrigão (Elano). Técnico: Dorival Júnior.
FLAMENGO – Muralha; Pará,
Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão e Alan Patrick
(Mancuello); Everton (Adryan), Cirino e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

CARTÕES AMARELOS – Caju
(Santos); Éverton (Flamengo).
ÁRBITRO – Dewson Fernando
Freitas da Silva (Fifa-PA).
RENDA – R$ 1.748.455,00.
PÚBLICO – 21.799 pagantes.
LOCAL – Arena Pantanal, em
Cuiabá (MT).

MAIS LIDOS

Marcos Braz ameaça pedir demissão; entenda o motivo

Nem o flamenguista mais pessimista poderia imaginar que o resultado do jogo seria 5 a 0. O Rubro-negro foi simplesmente atropelado, sendo esse um...

Mauro Cezar detona a atuação vergonhosa do Flamengo

O Flamengo foi simplesmente atropelado pelo Independiente del Valle, em jogo da Libertadores da América. Perdendo por 5 a 0, os torcedores se revoltaram e já cobram...

Torrent explica goleada do Flamengo, mas avisa: ”São três pontos”

O Flamengo mediu forças diante do Independiente de Valle, na noite desta quinta-feira, em jogo da terceira rodada da Libertadores da América. O gigante carioca tentou explicar...

Torcida cobra demissão de Torrent; nome polêmico ganha força

O torcedor do Flamengo passou a maior vergonha dentro de campo nos últimos anos. Enquanto no ano passado o técnico Jorge Jesus dava show, Dome...