Com Rhodolfo e Réver, Flamengo tem a maior zaga do Brasil.

GLOBO
ESPORTE
: As dores de Juan abriram espaço para a dupla que já estreia – a
depender da confirmação do veto ao veterano defensor – com um título: a maior
dupla de zaga do país. O superlativo, neste caso e pelo menos até entrarem em
campo, é literal. Réver, de 1,92m, e Rhodolfo, 1,93m, têm a maior média de
altura entre as duplas de zaga da Série A do futebol brasileiro.

Os
defensores da Chapecoense Luiz Otávio e Victor Ramos, de 1,94m e 1,91m,
respectivamente, empatam com os rubro-negros no topo da lista. Na média,
1,925m.
Na
véspera de enfrentar o São Paulo – neste domingo, às 16h, na Ilha do Urubu -,
Zé Ricardo treinou nesta manhã de sábado no Ninho do Urubu com Thiago, Pará,
Réver, Rhodolfo, Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar, Diego; Éverton Ribeiro,
Everton e Guerrero. Destaque na vitória contra o Santos, Berrío fica no banco.
Top 5 de duplas
Divididos
na primeira posição, Fla e Chape lideram lista de duplas de zagueiros mais
altos da elite nacional. Fluminense, Bahia, Botafogo e Palmeiras fecham o top
5. Confira cada dupla no infográfico mais abaixo.
O
capitão Réver tem três gols pelo Flamengo. Todos de cabeça. O último, em
cobrança de córner, foi o primeiro gol do Flamengo na Ilha do Urubu. Sozinho –
ou ao lado de parceiros um pouco mais baixos (Rafael Vaz mede 1,88m, Juan,
1,83m -, Réver já era ameaça constante em jogadas aéreas.
Ainda
sem saber se jogaria com Rhodolfo, o capitão lembrou da importância “de
tentar aproveitar a boa estatura que temos, tanto defensivamente como
ofensivamente”.

Muitas partidas estão sendo decididas em gols pelo alto, na bola parada e dessa
forma, isso é um trunfo para nós.

Réver
não é o maior parceiro de defesa de Rhodolfo. No São Paulo, ele jogou ao lado
de Xandão, de 1,94m. Também teve Alex Silva, da mesma altura de Réver.

Quem ganha com isso (a altura da dupla) é o Flamengo, que vai ter uma jogada a
mais para outros clubes se preocuparem – lembrou o novo contratado.
Rhodolfo
ainda busca entrosamento com os novos companheiros. Será preciso organização
para evitar contra-ataques perigosos. Na apresentação ao Rubro-Negro,
questionado se considerava ponto vulnerável fazer dupla com jogador quase tão
alto quanto e que eles poderiam ser surpreendidos por atacantes rápidos e
leves, Rhodolfo lembrou que a experiência ajudaria na hora de conter a
movimentação do adversário.

Não acho que porque somos altos teremo isso (serem lentos). Temos uma boa
passada. A experiência conta bastante. Acho que temos tudo para dar certo, como
todos os outros. Quem o professor optar para jogar estaremos à disposição –
dizia Rhodolfo na chegada ao Flamengo.

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.