01

Comentarista detona Gabigol por postura em derrota

O comentarista da rede Globo Walter Casagrande não gostou nada a atitude de Gabigol na partida diante do Ceará. Além da derrota por 2 a 0, Rogério Ceni teve seu cargo muito questionado. No programa “Bem Amigos”, do SporTV, o comentarista detonou a atitude de Gabigol. Na ocasião, Gabigol ficou no banco de reservas do Flamengo por um tempo, sem meião e sem a camiseta do clube. Somente depois que o Flamengo já estava perdendo o jogo, o jogador foi ao vestiário pegar seus apetrechos. “Não esqueça que, ontem, um dos principais jogadores do Flamengo, artilheiro do ano passado, foi para o banco sem chuteira e com camisa de treino. O juiz teve que ir lá e falar: ‘Põe a camisa de jogo’. Eu acho que o Rogério decepcionou, mas tem coisa ali dentro que não está funcionando porque jogador não quer. O comportamento do Gabigol é inadmissível”, comentou Casagrande. Para Paulo César Vasconcellos, Gabigol segue a mesma linha de pensamento de Neymar, além disso, o comentarista criticou a forma como o futebol brasileiro passa a mão na cabeça de seus jogadores. “O Gabriel me parece criado na ‘escola Neymar de mimos’, que é: ‘Eu não posso ser contrariado’. Então, ontem, ao ser colocado como reserva do Flamengo, ele quer mostrar toda a sua insatisfação. Ele quis e buscou um protagonismo. Por quê? Porque ficou irritado de ter sido sacado. Agora, isso é uma escola de mimos, e o Rogério vai ter que administrar”

Comportamento recorrente

Não é a primeira vez que Gabigol começa uma partida no banco. E também não é a primeira vez que ele demonstra insatisfação por começar no banco. Com o treinador catalão Domenec o mesmo aconteceu. Vale lembrar que na época, o treinador usava sistema de rotação de jogadores. Logo, situações com “medalhões” na reserva seriam normal dentro do time. Rogério Ceni parece ter dificuldades para dominar os egos do elenco. A matéria divulgada ontem pelo Extra expõe uma situação extremamente grave no CT e que pode justificar parte dos problemas em campo. O Flamengo precisa se recuperar no Brasileirão, hoje, até por uma vaga na Libertadores, existe risco. Leia também: Jornalista crava saída de Ceni após o jogo contra o Goiás; outro português é a prioridade Veja também: Nação BRB FLA bate a marca de 100 mil contas abertas

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod