Confira o histórico de audiência do seu Clube em 2015.

Por: Fla hoje

Blog
Teoria os Jogos – Na semana passada, dissemos que existem três elementos
primordiais no tocante à exposição de cada clube – e ao valor que auferem da
TV: o total de transmissões, a audiência proporcionada por elas e o alcance das
partidas, medido pelo número de praças para as quais são veiculadas. Este
último foi cerne de uma análise exclusiva do Blog Teoria dos Jogos, conforme se
verifica no link acima. Agora, focamos os dois primeiros elementos.
Com
base em números divulgados pela assessoria de imprensa da TV Globo (sempre
expostos no nosso Twitter), trazemos agora uma tabela completa com a audiência
dos times do Rio e de São Paulo, em conjunto com esclarecedores resumos por dia
da semana, perfil das partidas e campeonato. Trata-se de um levantamento
inédito, baseado em informações valiosas e guardadas a sete chaves por clubes e
anunciantes.
FLAMENGO

Números
relativos às transmissões da TV Globo para o Rio de Janeiro. Em negrito,
clássicos veiculados para a própria praça. Em vermelho, shares calculados com
base em proporção. Jogos aos sábados foram expostos individualmente mas não
aglutinados.
Embora
exista a convenção de que o Flamengo tem um número muito maior de
televisionamentos entre os cariocas, a verdade é que pelo menos a comparação
com o Vasco denota relativo equilíbrio. Em 2015 o Rubro-Negro monopolizou 20
transmissões de um total de 52 (38%) frente a 16 transmissões vascaínas (30%).
Botafogo (nove partidas, 17%) e Fluminense (sete partidas, 13%) surgem bem
atrás.
O
Flamengo é líder absoluto em audiências mesmo na própria comparação com São
Paulo (o que será exposto adiante). Em pontos, supera seus rivais na maioria
dos recortes, seja por dia, apelo ou competição. No tocante ao share, vence em
absolutamente todas as óticas – nem o Corinthians se aproxima. É também o
principal foco de audiências da TV Globo, detentora dos direitos de
televisionamento.
Em
benefício ao clube, o fato da TV colocá-lo às quartas num nível destoante:
foram simplesmente 13 jogos contra seis aos domingos. Isto infla suas
audiências pois é exatamente às quartas que se verificam os melhores números.
Em compensação, veiculam-se muito poucos clássicos do time (partidas com apelo
bem maior): apenas três em 2015. É exatamente aí que a maior torcida do Brasil
se destaca. Sua audiência nas 17 partidas “normais” (não-clássicos) atinge a
extraordinária média de 23,7 pontos e 44% de participação. Em jogos de pouco
apelo, o Flamengo cumpre papel de verdadeira bola de segurança na TV
brasileira.
VASCO

Alguns
números do Vasco acabam mascarados por ter sido o campeão dos clássicos na TV
até aqui. Muito por ter decidido o Carioca, o cruzmaltino foi veiculado em seis
jogos do gênero, atingindo ótimas médias de 27,5 pontos (53%) e perdendo apenas
para Fla, Corinthians e São Paulo sob este ponto de vista.
O
Vasco se saiu bem no Estadual pelas razões expostos no parágrafo anterior, mas
a verdade é que seus números na Copa do Brasil e no Brasileirão (onde já teve
outro clássico televisionado) decepcionam: média igual ou inferior a 19 pontos
e 38% de share.
FLUMINENSE

Até
agora o carioca mais afastado da TV, o Flu apresenta, por larga margem, as
piores audiências: médias de 18 pontos e 37%. Mas nem tudo é o que parece. O
Flu vai tão mal porque foi o clube com menos clássicos na TV (só um) e com
menos duelos em dia nobre (apenas uma quarta-feira). Em suma, seus números
poderiam ser melhores se não atuasse em condições tão adversas. De qualquer maneira,
pertence ao Fluminense a pior audiência do ano: 14 pontos totais no confronto
diante do Bangu.
BOTAFOGO

Fora o
baixo número de partidas transmitidas, a situação botafoguense é perfeitamente
antagônica à tricolor: tem mais jogos às quartas (três) e um alto índice de
clássicos (quatro entre nove) que enviesam a análise. Os 22,6 pontos e 44% de
share do Bota seriam excepcionais não fossem uma artificialidade. Em
“não-clássicos” e em jogos da Copa do Brasil, o alvinegro cai para níveis
próximos aos do Flu. Uma curiosidade: é com a estrela Solitária que a Band
aufere seus melhores resultados no Rio: média de 2,6 pontos e 4% de share.
CORINTHIANS

Números
relativos às transmissões da TV Globo para São Paulo. Em negrito, clássicos
veiculados para a própria praça. Em vermelho, shares calculados com base em
proporção. Jogos aos sábados foram expostos individualmente mas não
aglutinados.
Embora
haja chiadeira pelo excesso de “corintianização”, o fato é que é o Corinthians
quem segura as audiências na TV paulista. Eis o único clube, ao lado do
Flamengo, a marcar mais de 40% de share em qualquer recorte analisado. Além
disto, supera o rubro-negro em audiências às quartas (25,8 a 24,8 pontos) e na
maior pontuação absoluta do ano (33 pontos, no embate frente ao São Paulo).
Mas o
clube também se destaca no número de jogos televisionados. Em 22 ocasiões se
assistiu ao Corinthians na TV, percentual de 39% superior a toda a
concorrência. Em São Paulo, quem mais se aproxima é o Tricolor Paulista (18
jogos, 32%). Palmeiras (dez jogos, 18%) e Santos (seis jogos, 11%) fazem
figuração.
SÃO PAULO

Entre
os paulistas, pertence ao Tricolor a menor proporção de clássicos sobre o
número total de transmissões (cinco entre 18), o que significa números bem
pouco inflados por demandas extraordinárias. Sendo assim, seus 22 pontos com
40% colocam-no em um seleto rol de audiências inferiores apernas às de Flamengo
e Corinthians. Mais: sua pontuação média em clássicos (28,4 pontos) é a maior
do Brasil. Em direção oposta, o clube do Morumbi proporcionou a pior audiência
do ano em São Paulo: 15 pontos totais diante da Chapecoense.
PALMEIRAS

Números
irreais. Se o Palmeiras aparece na TV, 70% de chances de ser em clássicos. Em
jogos normais, decepcionou na Copa do Brasil – competição onde atinge meros 18
pontos e 32%, o menor share entre as agremiações comparadas.
SANTOS

Mesma
lógica palmeirense, só que em ainda menos jogos. Curiosamente, metade das
partidas televisionadas do Peixe foi contra o próprio Verdão. Outra: num
interessante paralelo com o perfil de audiências do Botafogo, é o Santos quem
atinge os melhores índices para Band em São Paulo (4,67 pontos).
Um
grande abraço e saudações!
E-mail
da coluna: [email protected]
Siga
@vpaiva_btj

MAIS LIDOS

Tudo normal: Diego Alves tira onda após mais um titulo do Mengão

O Flamengo foi campeão após uma temporada muito irregular. O Internacional chegou a ficar disparado na ponta da tabela do Brasileirão, entretanto, o Rubro-negro...

Denílson não deixou barato. Ele colocou uma máscara do Gabigol e aloprou a Renata Fan

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em jogo válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro...

”Cabo, Flamengo é campeão”: Reação desesperada do torcida do Inter com titulo do Mengão

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em último jogo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca não jogou nada bem...

Põe no DVD: Patrick chora muito com titulo do Mengão; torcida do Fla tira onda

O Flamengo é novamente  campeão brasileiro. Após um ano difícil, com a pandemia e a saída e contratação de treinadores, o Rubro-negro conseguiu uma...