Contenham a euforia, Flamengo e Vasco!

Por: Fla hoje

Lancenet
– Euforia toma conta de Flamengo e Vasco. Mas calma, torcedores. Controlem as
emoções. Está certo que os times estão se ajustando. Mas a situação ainda é
crítica. Vasco tem que torcer para o próprio rival amanhã contra o Goiás, além
de vencer o Palmeiras e secar o Santos, para sair da zona de rebaixamento do
Campeonato Brasileiro. A euforia veio pelas três vitórias seguidas, sendo duas
pela Copa do Brasil e a classificação às oitavas de final.
Só que
torcedor é assim, vibra com o time, se emociona. Às vezes, até sonha mais do
que deveria. Vejam o caso do Flamengo. Também ainda em situação crítica na
tabela do Brasileirão, já mira o G4. Hã? Como assim? Primeiro tem que fazer o
dever de casa e sair desse aperto. Depois, sim, pode sonhar.
Porque
sonhar no momento só o Fluminense e Botafogo (este na Série B). O Tricolor,
embora enfrente a Chapecoense, fora de casa, tem grandes chances de voltar com
os três pontos. O time está bem arrumado e colocando boas peças, como o meia
Osvaldo. Arrumar a equipe, por exemplo, é o que falta a Flamengo e Vasco. E
falta muito ainda, por mais que Cristovão Borges e Celso Roth, respectivamente,
digam que estão achando o time ideal.
Mas o
ideal deles não é o ideal das tradicões de ambas as instituições. Eles têm que
trabalhar muito ainda. No caso de Cristovão Borges, ainda tem uma incógnita que
é o Ederson, o novo camisa 10. Mas… Sim, é incógnita. Estava sem jogar,
histórico de lesões. Porém, ele garante que está voando. Veremos!
Agora,
chegamos no Botafogo. Está apertada a briga no G4, no entanto, o Alvinegro está
indo bem. Não como deveria, embora esteja na liderança. O time sofreu baixas e
está se recompondo. Mas o caminho é esse. Hoje, dura batalha na Fonte Nova.
Um
empate não seria mau negócio. Uma vitória sobre o Bahia, o ideal. E ainda secar
quem está atrás. O clube de General Severiano faz também uma aposta: Ricardo
Gomes como treinador. É um nome respeitado. Deve provar que que está bem  e manter a equipe no topo. Veremos
também!  
Pediu a bênção!
Ederson
pede passagem a Zico para vestir a camisa eternizada pelo maior jogador
rubro-negro de todos os tempos. Tem razão em pedir licença. Mas ele deve saber
que o peso é grande e a comparação será maior ainda. A torcida do Fla está
carente e tem os últimos jogadores, como Carlos Eduardo, entalados na garganta. 
Respeito é bom, e torcida gosta
Já no
Fluminense, Ronaldinho não pediu passagem a ninguém. É craque, mas prevista
provar quer quer jogar bola de verdade. Aliás, digo mais: precisa respeitar a
camisa que um dia foi de Assis, um ídolo, um craque também e que está
imortalizado nas Laranjeiras. Obre o olho, viu, R10!? A torcida vai cobrar esse
respeito e eu também.
Aurino
Leite

MAIS LIDOS

Após vexame, Renato Gaúcho volta a falar do Flamengo e revolta torcedores

O Grêmio jogou na noite deste domingo diante do Palmeiras, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time gaúcho não conseguiu...

Rei do Vexame: Renato Gaúcho vira alvo da torcida do Fla após vexame

O Palmeiras jogou na noite deste domingo diante do Grêmio, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time paulista já tinha...

Abel Braga ainda reclama da arbitragem no jogo contra o Fla

Após vários trabalhos ruins seguidos, o técnico Abel Braga chegou sem muita expectativa no Internacional. Entretanto, ele conseguiu fazer um bom trabalho a seu...

Torcida se encanta com Ramon e mandam recado para Renê

O Flamengo jogou na noite deste sábado, diante do Macaé, em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Carioca. O Rubro-negro conseguiu vencer com...